Meus Pensamentos No Twitter 29/8/18

Dr Michael Laitman TwitterCorrigindo o egoísmo, vemos o mundo melhorar.
Como “o lobo viverá com o cordeiro”? Se o homem se corrigir, verá que o mundo é uma projeção de suas qualidades.

Corrigir o mundo é uma abordagem falsa. Corrija-se e o mundo será corrigido!

Achamos que temos que corrigir o mundo. Mas o mundo é nossa projeção. Ao mudá-lo em vez de nós, o mundo se torna pior, sendo um reflexo do nosso ego. Olhando para o mundo, nos vemos no espelho. O mundo, nossa reflexão, está lá para verificarmos como somos corrigidos.

O mundo é o Criador, estamos dentro dele
Ele determina, age e preenche tudo
Nós vemos nossa imperfeição em Seu fundo
O objetivo, atingir a perfeição, significa alcançar as qualidades Dele.
Nós pedimos ao Criador por autocorreção não para nós, mas para que não o amaldiçoemos pelo mundo feio.

Nós mudamos o mundo para se adequar ao nosso ego, mas o mundo é uma projeção de nossas qualidades. Está aqui para que, mudando a si mesmo, o homem veja os resultados no mundo. Quando corrigimos o mundo em vez do ego, aumentamos o ego até que ele nos obrigue a corrigi-lo em vez do mundo.

A maneira como a válvula do coração deixa o sangue passar,
Minha tela deixa a luz passar.
Mas a pressão aumenta …
#Sabedoria #Citações

Um mês antes do ano novo, a pessoa deve se preparar para a oração para sua boca e o seu coração estejam juntos no pedido de registro no Livro da Vida – em adesão com o Criador através da equivalência de forma com Ele na qualidade de doação total, autoanulação. Então o Ano Novo chega.

O ambiente pode me colocar em desacordo com o Criador, colocando-me em conflito comigo mesmo. É por isso que não gosto do ambiente, mas devo aceitar o seu domínio sobre mim se quiser aceitar o domínio do Criador sobre mim, em vez do domínio do meu egoísmo sobre mim.

O Criador preenche o grupo. Por isso podemos senti-Lo unindo-se ao grupo. Caso contrário, o sentido para perceber o Criador não surge.

O Criador corrige os pedidos pessoais, não respondendo e obrigando-nos a entender a necessidade de nos voltarmos ao grupo e a Ele juntos.

Restrição, Tzimzum Aleph, é quando a pessoa para de pensar em si mesma.
Masach é quando ela começa a pensar no Criador.
Aviut de Masach é o quanto eu posso doar de mim mesmo (acima de mim) para o Criador.
Luz Refletida, Ohr Hozer, é a capacidade de doar, fé acima da razão, doação acima da recepção.

Se uma pessoa deseja melhorar para se beneficiar – ela recebe uma revelação ainda maior de suas falhas.
Mas se ela se valoriza para beneficiar o Criador, recebe a luz da correção.

Laitman diz que Bogner “realmente quer explorar a autêntica sabedoria da #Cabalá” e “encontrar a essência e #propósito da vida – entender por que vivemos e qual é o nosso papel na vida, e como ela se relaciona com o passado, presente e #futuro da humanidade”. #Evolução

Do Twitter, 29/8/18

Comente