É Uma Grande Honra Estar Na Companhia De Pessoas Tão Grandes

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como eu posso sempre ver os amigos como maiores do que eu?

Resposta: O amigo é grande especialmente porque eu dependo dele! A meta que eu quero alcançar depende dele, e por isso ele é tão importante para mim. Em segundo lugar, ele é grande já que é o Criador que nos aproximou, e deu-lhe a mim como um meio para atingir a meta.

Em terceiro lugar, eu respeito a “parte Divina do Alto” nele, já que o Criador está nele, evocando-o e levando-o em direção à meta. Portanto, é isso que eu respeito, a parte divina e não seus atributos corporais. Aos poucos nós vamos descobrir o que o conceito de um “amigo” realmente significa. Quando começarmos a ver a verdade, vamos ver o que é.

Eu não valorizo o amigo em si, mas a parte Divina dentro dele que lhe dá um grande peso e faz dele o maior em nossa geração. Não é um exagero e não apenas palavras agradáveis. O rabino Yossi Ben Kisma, sem dúvida, via seus alunos como os melhores em sua geração e maiores do que ele.

Para não ver as deficiências do amigo, eu tenho que despertar o amor em mim. Por isso, diz-se que “o amor cobre todos os pecados”. Você não deve considerar quem é mais inteligente, você ou o amigo. O amor deve vir em primeiro lugar.

A lição deve começar quando cada um de nós se vê sentado entre grandes pessoas. Você deve sentir que você é como um bebê que felizmente passou a estar na companhia de grandes Cabalistas, tremendo de emoção diante de sua grandeza. Esta é realmente a maneira como ele se sentiu, e eu não estou exagerando.

Este deve ser o sentimento interior, enquanto externamente podemos mostrar desrespeito e jogar um jogo oposto. Assim como o Criador esconde Seu amor e nos mostra a atitude oposta, nós também podemos mostrar-lhe a atitude externa oposta. Nós vamos aprender depois este jogo, quando ficarmos mais fortes, mas, agora, ainda é muito cedo para jogar este jogo, uma vez que seremos atraídos pelo desrespeito.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 22/05/13, Escritos do Rabash

Comente