Catástrofes Estimulam Sentimentos Religiosos

Dr. Michael LaitmanNas Notícias (de PLOS.org): “Em 22 de fevereiro de 2011, a cidade de Christchurch na Nova Zelândia (população 367.700) experimentou um terremoto devastador, causando grandes danos e matando cento e oitenta e cinco pessoas. O terremoto e abalos sísmicos secundários ocorreram entre 2009 e 2011 e amostras de ondas de probabilidade longitudinal realizadas na Nova Zelândia, nos habilitam a examinar como uma catástrofe natural desta magnitude afetou profundamente, incluindo comprometimentos e classificações globais de saúde pessoal, dependendo da exposição ao terremoto. Primeiro, investigamos se os afetados pelo terremoto eram mais propensos a acreditar em Deus. Consistente com a Hipótese de Conforto Religioso, a fé religiosa aumentou entre os afetados pelo terremoto, apesar do declínio geral na fé religiosa em outros lugares. Este resultado apresenta a primeira demonstração de nível populacional que pessoas seculares se voltam para a religião em tempos de crise natural. Nós então examinamos se a afiliação religiosa estava associada a diferenças nas avaliações subjetivas de saúde pessoal. Não encontramos nenhuma evidência de alívio superior por ter fé religiosa. Entre os afetados pelo terremoto, no entanto, uma perda de fé foi associada com declínios significativos de saúde subjetiva. Aqueles que perderam a fé em outros lugares do país não experimentaram declínio de saúde semelhante. Nossos resultados sugerem que a conversão religiosa após um desastre natural é pouco susceptível de melhorar o bem-estar subjetivo, ainda que manter a fé possa ser um passo importante no caminho para a recuperação”.

Meu comentário: Medo, incerteza e falta de confiança deram origem a sentimentos religiosos e religiões duradouras. Se não fosse por isso, e se não houve nenhuma morte, não haveria nenhuma religião — a crença em massa no improvável. A Cabalá refuta a atitude religiosa para com o mundo. Existe a Natureza e suas leis; esta é a força superior. Todos os sentimentos que as pessoas sentem para com o Criador e atribuem a Ele se originam de sensações que são peculiares ao homem e só ao homem; é semelhante a como atribuímos certos pensamentos e sentimentos aos animais.

Comente