Avançar, Abastecido Pelo Grupo

Pergunta: Eu não entendo como uma pessoa pode se desesperar de seus próprios poderes e gritar se eu simplesmente me sinto cansado de tudo e jogo tudo de lado quando as coisas ficam difíceis? Onde devo parar e sentir desespero?

Resposta: Não sabemos de antemão onde devemos parar. Se o protesto é planejado, então não é um grito de desespero. Um grito de desespero tem que vir de dentro de você, sem qualquer planejamento prévio quando não vê outra escolha. Se você se sente confuso e está muito cansado e não sabe qual caminho percorrer, é uma indicação de que você não sente que o objetivo é importante.

Agora o objetivo não parece importante para você, e você não entende por que você está fazendo tais esforços. Uma vez você estava cheio de energia e perseguido prazeres diferentes e perdeu seus poderes. Que absurdo uma pessoa faz durante sua vida e tudo só para sentir algum prazer fugaz? Às vezes você se deita no sofá e não quer se levantar, uma vez que não há porque se levantar, e às vezes você se levanta e corre, perde a cabeça, pronto para fazer qualquer coisa.

Tudo depende de como é importante você sentir o objetivo, que é a coisa principal que devemos atingir. A importância da meta é a importância da doação, a importância das ações que estão longe do interesse pessoal, os quais eu não consigo executar pois não estou motivado e não tenho nenhum combustível para realizá-los. Como posso fazer algo em que não há nada para mim? Meu corpo não pode mover-se nesse caso. Todo o nosso mundo só funciona na energia do desejo de receber, que recebe uma satisfação, o prazer, a recompensa. Mas se eu não vejo uma recompensa, eu não posso fazer nada.

Assim, o Criador se aproxima de mim e tira meus últimos poderes para fazer qualquer coisa. O atributo de doação se aproxima de mim, e eu não sinto que estou motivado para fazer algo, eu realmente não posso me mover.

Felizmente, o atributo de doação não se veste nos níveis da natureza inanimada, vegetativa e animada; caso contrário, todos os elétrons, todas as moléculas, todas as proteínas iriam parar e meu corpo iria congelar e ficar imóvel; ele iria morrer e desaparecer. Felizmente, o atributo de doação se aproxima gradualmente e está vestido apenas no nível “falante” em mim.

Mas no momento que ele fica perto do meu desejo egoísta quebrado, eu imediatamente sinto que estou perdendo minha energia, o combustível, a energia, a motivação. Então o que posso fazer? Aproximar-me do Criador neste momento significa privar-me da motivação egoísta e forçar-me, não tendo nenhuma escolha, recorrer ao grupo. Dele eu receberei a impressão quanto a importância da conexão, do avanço, da grandeza e da importância da meta. Eu serei capaz de trabalhar usando o combustível do grupo.

Tudo isso é necessário para me ajudar a aderir ao grupo e começar a outorgar-lhe. Por tais ações eu sou incorporado no grupo e recebo seus valores. Eu quero estar com todos porque eu os respeito e os vejo como meu grupo. Eles me ajudam e eles parecem grandes e importantes. Uma pessoa se sujeita ao ambiente e tem que fazer esforços especiais para ser incorporada no mesmo.

Na medida em que eu estou incorporado no ambiente, recebo uma qualidade única. É uma oportunidade especial que não existe em qualquer método, exceto a sabedoria da Cabalá. Um milagre acontece, um poder especial que me influencia como resultado de minha preparação, e corrige os vasos quebrados em mim.

Estes vasos quebrados simbolizam a minha disponibilidade para a correção. A Luz que atua e os influencia, os corrige. Isto é chamado uma ação de cura, como se diz: “um remédio para a carne.”

Então eu realmente começo a respeitar e a valorizar a doação, eu de repente descubro em mim, respeito e apreço por este atributo e quero que ele se vista em mim. Eu quero anular-me e me conectar com outras pessoas. De repente eu tenho tais pensamentos e desejos que não são típicos da minha natureza de forma alguma. Mas agora, de repente, sinto um anseio tão antinatural e eu entendo que é um resultado da influência da Luz em mim. Assim avançamos.

Sem um grupo, não há nenhuma maneira de receber a Luz que Reforma, uma vez que se trata do sistema superior, através do professor, através do grupo, através dos livros, até que ela atinja uma pessoa. Tem de haver uma cadeia.

O grupo ainda não está no mundo espiritual ou pode ser em parte nele. O professor está em contato com as almas dos Cabalistas que o precederam, com seus professores e a pessoa conecta-se ao grupo através dos livros, disseminação, e trabalhando juntos e assim se conecta ao objetivo, garantindo-se uma conexão com a fonte de Luz.

Da 1ª parte da lição diária de Cabalá 27/01/13, Escritos de Baal HaSulam

 

Comente