Preparando Especialistas De Alto Nível

Dr. Michael LaitmanO curso de formação para professores e educadores de educação integral deve incluir, entre outros: a formação da força integral como um componente novo e sem precedentes.

Se um time de futebol, por exemplo, se reúne, ele é simplesmente a soma de todos os seus esforços.

Mas aqui, uma vez que cada indivíduo anula a si mesmo diante dos outros, elevando assim a todos os outros e querendo ser igual a eles para atingir o campo comum, o acordo entre todos, nós começamos a sentir que uma nova força nasce entre nós: um novo desejo coletivo e uma nova mente. É como se uma nova pessoa coletiva nascesse (vamos chamá-la de Adão), criada entre nós. E nós vivemos a nossa vida coletiva, nos desejos, atributos e pensamentos coletivos.

Isso deve ser incluído na formação de professores e educadores. Eles devem saber disso. Todos os outros vão sentir isso instintivamente; eles vão ter a sensação de que de alguma forma sabem disso.

Pergunta: Profissionais devem ensinam estes cursos?

Resposta: Eu acho que devemos convidar cientistas que irão acrescentar ao material que nós ensinamos ou devemos usar filmes que apresentem suas ideias. Este material ilustrativo vai dar aos alunos a oportunidade de, primeiro, ter certeza de que não estão aprendendo com material fragmentado e parcial e, além disso, para compreender as questões mais profundamente, aprender a responder a perguntas, e ser mais experientes. No conjunto, estes são os mesmos tópicos do método integral, mas um pouco mais profundo.

Na verdade, o método é muito simples. A única coisa que precisamos atingir aqui é a integralidade, sentir a nova força integral.

A propósito, esta força aparece em cada sistema integral, tanto em um sistema mecânico quanto em nossos corpos. Isto é porque o corpo monitoriza constantemente o equilíbrio dos sistemas corporais.

A mesma coisa acontece em um grupo quando as pessoas alcançam a integralidade, pois elas começam a chegar a esse equilíbrio interno auto-sustentável, o que leva ao bem-estar e conforto absoluto. Elas não querem deixar isso, pois é um sentimento bom. Através desses estados confortáveis, através do novo desejo coletivo e da nova mente, de repente, a maioria dos problemas é resolvido e a maioria deles simplesmente desaparece, pois o sistema muda de digital (operando em pulsos) para integral, para um sistema redondo, harmonioso e analógico.

A principal coisa é explicar às pessoas, depois de vários workshops “redondos”, que elas devem perceber o que é criado entre elas e relacionar isso com uma maior sensibilidade a essa nova força, com a qual elas vão resolver todos os seus problemas e começar a se elevar acima do ego. Esta força irá criar uma sociedade que está em um nível mais elevado do que o antigo.

Da “Discussão sobre Formação Integral” 22/05/12

Comente