As Tentativas Fúteis De Prender-se Ao Passado

Dr. Michael LaitmanAo longo da nossa curtíssima vida, o mundo passa por grandes mudanças. As pessoas estão totalmente confusas, a terra parece estar se transformando mais rápido do que podemos compreender. Será que perdemos o caminho e não sabemos para onde estamos indo? Ou, pelo contrário, estamos examinando a situação em que estamos como uma virada, levando-nos a um novo caminho pelo qual poderemos chegar a um novo nível?

Obviamente, há um período de incerteza na transição de um nível para outro, de um estado para outro, quando estamos entre os dois níveis, entre os estados estáveis, em total confusão. A humanidade se sente muito confusa nesses dias.

Estes são tempos muito especiais, porque estamos vivendo num novo mundo. Esta não é a vida que estamos acostumados a levar por muito tempo, nós não avançamos diretamente como fazíamos de uma geração para outra. Agora, há uma grande mudança nas relações entre as pessoas, em nossa atitude para com a família, a vida, o lugar onde vivemos, a nossa nação. Tudo mudou completamente. Apesar de não percebermos isso agora e assumirmos que ainda estamos vivendo no passado, acabou!

Quando começamos a olhar para a forma como nos perdemos, descobrimos um desejo especial que exige que encontremos a fonte da vida, para descobrirmos a razão de vivermos e por que mudamos. Se há um plano para nossa vida, um objetivo, e se é possível descobri-lo com antecedência. Será que é possível avançar em direção a esse objetivo da forma como costumávamos fazer há séculos neste planeta, sem suspeitar para onde nosso avanço está nos levando? Instintivamente, nós realizamos diversas mudanças e revoluções inteiras, e vivemos dessa maneira!

Nenhum de nós sabia o que estava acontecendo. Embora houvesse muitos filósofos e cartomantes, nenhum deles poderia prever e explicar o que estava ocorrendo.

Mas hoje, nós realmente precisamos disso. Nós não podemos continuar vivendo como costumávamos. Nós estamos vivendo um caos total. Nós sentimos que temos que descobrir o segredo da vida, o seu plano, e em que direção estamos nos desenvolvendo, porque sem isso nós estamos perdendo nossas fundações. No passado, nós sempre nos desenvolvíamos no âmbito da família, herdávamos tudo dos nossos pais e vivíamos para construir a nossa família e passar isso aos nossos filhos. É assim como a vida foi passada de uma geração para outra, em muitas famílias em torno de mim, e juntos avançamos ao longo de uma estrada familiar pavimentada. Mas hoje não sabemos mais nada.

Além disso, muitos cientistas estão abertamente advertindo que a nossa situação é muito perigosa, porque estamos destruindo nosso planeta e não temos nenhuma esperança no futuro, já que estamos esgotando todos os recursos naturais e fontes de energia. O mundo tecnocrático que construímos nos últimos 50 anos é resultado de ações destrutivas sem sentido. Nós estamos simplesmente matando a nós mesmos, tomando o que pudermos da Natureza e queimando tudo nela como se não houvesse amanhã. Embora ainda estejamos vivendo, é uma vida sem esperança, sem perspectivas de um futuro melhor. E o que é pior, nós estamos tão cegos que nem sequer nos preocupamos.

Na nossa geração, nós descobrimos um estado muito especial e uma pergunta muito especial sobre o sentido da vida que é evocada em nós e, na verdade, queima dentro de nós. Há pessoas que não conseguem relaxar e começam a pesquisar tentando diferentes métodos tipo “nova era”, de onde se derivam diferentes estudos de misticismo. Mas entre essas pessoas há aquelas que fazem perguntas mais sérias sobre o significado da vida e que querem chegar a uma solução realista e científica. Elas não acreditam em nada, e não contam com as palavras e histórias de outra pessoa, mas querem descobrir sozinhas o processo que estão prestes a atravessar.

Por um lado, elas querem compreender o passado: com que finalidade nós atravessamos esse caminho, não a partir do início da vida na terra, mas a partir da criação do universo? E não só para descobrir o que nos trouxe ao ponto em que estamos hoje, mas para saber como continuar a partir daqui: o que vai acontecer de acordo com o plano da Natureza de agora em diante? Existe tal plano e é possível descobri-lo, e vale a pena descobri-lo? Tudo depende se podemos influenciá-lo. Eu serei capaz de me dirigir corretamente? Esta é uma questão importante que teremos que responder.

Da Convenção no Brasil 04/05/12, Lição 1

Comente