“Cuidar Uns Dos Outros, Cura” (Medium)

Medium publicou meu novo artigo: “Cuidar Uns Dos Outros Cura

Por algum tempo, estamos passando por uma crise profunda que destruiu todos os aspectos de nossas vidas. Tudo o que sabíamos desmoronou. Precisamos recomeçar, mas não sabemos como. Em vez disso, aguardamos e esperamos por uma vacina. Mas protelar é muito ruim para nós; apenas torna as mudanças necessárias mais dolorosas e lentas.

O vírus atinge todos os níveis: biológico, emocional e social. No entanto, seus golpes não são aleatórios; têm uma trajetória clara: separar-nos, ou seja, exercitar o distanciamento social e reconstruir nossas relações de forma não prejudicial. O vírus pode ser um patógeno para nosso corpo, mas é um remédio para nossa sociedade.

Quanto mais cedo reconhecermos que não voltaremos às nossas vidas antes do vírus, melhor será para nós. Para fazer isso, devemos entender o que estamos passando e o que está acontecendo ao nosso redor.

O vírus atinge todos os níveis: biológico, emocional e social. No entanto, seus golpes não são aleatórios; têm uma trajetória clara: separar-nos uns dos outros, ou seja, exercitar o distanciamento social e reconstruir nossas relações de forma não prejudicial. O vírus pode ser um patógeno para nosso corpo, mas é um remédio para nossa sociedade. Pode ser difícil ver isso no momento, com todos os relatos contraditórios e desinformações que recebemos de todas as direções, mas se seguirmos as ordens dadas pelas autoridades, independentemente de serem ou não úteis na cura de nossos corpos, descobriremos que eles estão nos ajudando, talvez sem querer, a construir comunidades mais solidárias e aumentar nossa responsabilidade mútua.

Não devemos considerar as instruções para usar máscaras ou lavar as mãos, ou manter uma distância de um metro e oitenta como intuito de nos proteger. Isso apenas perpetuaria a atual atitude deletéria que nos trouxe para onde estamos. Em vez disso, devemos seguir estas instruções para não infectar outras pessoas. Se previne ou não o contágio, não é realmente importante. O que é extremamente importante, entretanto, é que isso inverte completamente nossa atitude para com os outros em comparação com a atitude que normalmente exercemos.

Se a maioria das pessoas adotar essa atitude, de pensar na saúde do próximo e tomar as medidas cabíveis para apoiá-la, isso vai revolucionar a sociedade. Não importa o que motivou a mudança, mas simplesmente o fato de que a mudança aconteceu fará milagres. E como isso não aconteceria se não fosse o coronavírus, descobriremos que é o vírus que nos trouxe a um novo nível de conexão entre nós.

Naturalmente, em tal estado de preocupação mútua, as cadeias de infecção se quebrarão e o vírus desaparecerá em questão de semanas. Mas, mais importante, descobriremos que nossa sociedade atingiu um novo nível de preocupação mútua, um novo nível de coesão, e não queremos retornar à alienação, solidão e suspeita que abrigávamos antes do início da Covid19. Em vez disso, vamos querer continuar desenvolvendo a nova agenda que cuidar uns dos outros.

Comente