Unidade Africana: A Chave Para Sua Verdadeira Liberdade

laitman_962.5O Egito, a terra da escravidão para o povo de Israel, está localizado na África. A África é o berço do Faraó, o egoísmo global. Quatrocentos anos de exílio egípcio permitiram ao povo de Israel receber a Torá e revelar o Criador. Portanto, todas as nações que se desenvolveram na África e se tornaram escravizadas não mais ao Faraó, como os judeus, mas às nações europeias da América, estão mais preparadas para a correção da alma. Eu espero que em breve vejamos que as pessoas na África são mais receptivas ao método da Cabalá.1

Toda a humanidade precisa da ciência da Cabalá para revelar a força superior. Assim, todo o desenvolvimento humano foi acompanhado por problemas, desastres, pragas e guerras, tudo para forçar a pessoa a pensar sobre o sentido de sua vida: para que estamos vivendo? A humanidade não conseguiu encontrar resposta para essa pergunta até que a ciência da Cabalá fosse revelada e desse a resposta de que, no momento em que atingimos a força superior que controla toda a nossa vida, percebemos para que vivemos e qual é a essência da nossa vida.

A questão é como revelar essa única força superior que governa o universo. Não temos como mudar nossas vidas, exceto com a ajuda da força superior. No momento em que revelamos a força superior, recebemos as respostas para nossas perguntas. Esta é a singularidade da ciência da Cabalá, o método de revelar a força superior, que dá as respostas para tudo.2

As consequências da colonização europeia ainda são sentidas na Europa. A escravidão há muito foi abolida, mas os países europeus ainda tentam usar os recursos naturais e humanos da África e acender conflitos por lá vendendo armas e facilitando a emigração. Essa é uma questão difícil para a África, mas eu sinto que os africanos acabarão entendendo que somente através da unidade de todos eles poderão alcançar a força superior. Então eles se sentirão livres, e não oprimidos, como ocorre até hoje.

Esta solução para a África só pode vir da ciência da Cabalá e nada mais. A genuína liberdade da África é impossível sem a sensação da liberdade espiritual. Afinal, as nações africanas sempre tiveram independência financeira, mas os países europeus e outros de todo o mundo sempre se intrometeram em suas vidas. Nada ajudará até que os africanos sintam a genuína liberdade espiritual.

Eles terão então o poder de resistir àqueles que estão tentando influenciá-los e poderão sentir a liberdade interior não apenas dos europeus, mas de todos os poderes externos, de filosofias estrangeiras na África.

É impossível alcançar a liberdade antes de estabelecer uma conexão com o Criador. Até lá, será apenas uma liberdade imaginária, material. Podemos chamar as nações africanas de livres, mesmo agora, já que não há escravos lá, mas elas ainda estão sendo exploradas, usadas ​​de todos as formas. Isso acontece em todo o mundo, pois cada país quer usar o outro e espremer todos os recursos naturais.

Nesse sentido, os países africanos não são diferentes de outros estados. Qualquer pessoa que queira se tornar independente hoje em dia deve alcançar uma conexão mais próxima e correta com o Criador. A liberdade no mundo superior nos trará liberdade neste mundo, porque isso não é apenas espiritual, as forças são projetadas sobre nós, permitindo-nos enfrentar a todos. Então, ninguém será capaz de nos machucar.

Basta olhar para o povo de Israel e seu caminho. Várias nações tentaram oprimi-los e destruí-los ao longo da história, desde o Faraó. Mas ninguém conseguiu governar o povo de Israel, nem o Faraó, os nazistas alemães, a inquisição espanhola, o czar russo etc. Isso ocorre porque os judeus têm uma conexão com a força superior. Eu aconselho inclusive às nações africanas: recebam o mesmo apoio de cima e ninguém será capaz de prejudicá-las.

Existem muitas religiões diferentes na África, mas a ciência da Cabalá não contradiz nenhuma delas; ela apenas explica como alcançar a conexão com a força superior, que está acima de todas as crenças e religiões, através da unidade. Essa unidade, que existia há muito tempo entre o povo de Israel, manteve a nação unida até hoje e proibiu que se tornassem escravas de qualquer nação. 3

Do Congresso Virtual Africano, 18/01/20, A Importância da Sociedade, Lição 1
1 Minuto 28:40
2 Minuto 46:05
3 Minuto 48:00

Comente