A Evolução Dos Desejos, Parte 11

laitman_627.1Obstáculo à Unidade

Baal HaSulam, “Matan Torá” (A Entrega da Torá), Item 12: “Um jumento selvagem será transformado em homem” (Jó 11:12), porque quando a pessoa emerge do seio da Criação, está em imundície absoluta e baixeza, ou seja, uma multidão de amor próprio que está impressa nela, cujo movimento gira exclusivamente em torno de si, sem um pingo de doação aos outros”.

Pergunta: A pessoa nasceu originalmente como egoísta. Pelo que entendi, na Cabalá, a percepção egocêntrica é que precisa ser corrigida?

Resposta: Este é um egoísmo específico. Requer correção.

Não se trata de egoísmo animal quando todo mundo instintivamente quer tomar uma certa postura, fazer algum tipo de cálculo para estar bem. Este é um egoísmo natural, não há necessidade de combatê-lo.

Nossos desejos naturais (comida, sexo, família etc.) não são considerados egoístas. As pessoas pensam que é egoísmo e que você deve lutar contra ele. Não, está errado. Precisamos lutar apenas com o egoísmo que desaprova a nossa unidade, estar juntos com os outros em um estado de amizade, conexão e amor.

Portanto, as forças de oposição que surgem quando uma pessoa tenta interagir de alguma forma com outras pessoas são o verdadeiro egoísmo.

Pergunta: Desfrutar às custas dos outros, usar alguém – isso também é egoísmo?

Resposta: Naturalmente, porque essas são também as forças que nos impedem de nos unirmos aos outros.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 03/12/18

Comente