Meus Pensamentos No Twitter 06/07/18

Dr Michael Laitman TwitterCabalá: É necessário criar uma opinião pública que influencie a pessoa para que ela não possa agir contra a sociedade. Esta é a única alavanca para afetar uma pessoa e fornecer-lhe a liberdade individual para evoluir, aspirar ao Mundo Superior.

Como, quando no ego, sair dele? Como o Barão Munchausen, que para sair do pântano puxou-se pelos cabelos? O Barão não tinha uma força externa para sair. Nós temos uma força externa: a luz superior, o Criador! Nós nos voltamos a Ele e Ele nos puxa para fora do pântano.

Todo o mundo, todos os problemas visam empurrar o homem para relações altruístas, para conectar todos em um único sistema da alma, que quebrou em bilhões de pequenos pedaços, para que nós, com nossos pedidos, forcemos o Criador a nos reunir em um único vaso para revelá-Lo.

O Criador sempre testará a fidelidade de uma pessoa para com Ele? Ele não testa, porque sabe tudo antecipadamente; Ele está além do tempo. O tempo diz respeito ao relacionamento homem-Criador, pertencente apenas a nós, para nos dar uma compreensão inicial do contato. Então, a conexão superior é revelada.

A doação só pode ser construída acima da recepção, que é a nossa natureza, então todo o trabalho é estabelecer que “Não há outro além do Criador” – a minha volta. Se eu me esforço para viver neste tipo de mundo, gradualmente começo a sentir que é realmente assim.

A propriedade de doação, Lishma, é alcançada pedindo. Mas o Criador responde apenas a um pedido genuíno. Se a pessoa duvida em querer se separar do ego, permanece sem resposta. Então, é preciso pedir muitas vezes, até que o apelo seja formado não apenas na boca, mas também no coração.

Correção na Unidade: cada obstáculo nos leva à oração. Eu vejo que não consigo me conectar com o amigo e, portanto, volto-me ao Criador, isto é, preciso do Criador tanto quanto preciso do amigo. Assim, nós construímos o Templo e o muro contra obstáculos.
#Cabalá

Onde devo discordar do Criador? Concorde com tudo, exceto com o constante chamado para nos elevar espiritualmente. Um apelo (oração) funciona se vier do grupo, como um pedido por tal conexão no grupo no qual o Criador pode ser revelado.

Está escrito que o Criador é ciumento e precisa da atenção do homem. O Criador exige a atenção do homem a Ele, ao estado de conexão, doação e amor, assegurando que o homem ganhe força e esteja cheio de impressões da conexão em desenvolvimento entre ele e o Criador.

A renovação desce do Criador, mas se manifesta em uma pessoa! E nós percebemos o mundo de acordo com nossas mudanças internas no contexto da luz branca superior. É você quem projeta a si mesmo e suas qualidades interiores como o mundo que o rodeia.

Se fosse óbvio que o Criador faz tudo em benefício do homem, não mudaríamos. Nosso objetivo é alcançar a propriedade do Criador, doação, sobre a propriedade receptora. Agindo como se estivéssemos no mundo do Criador, apesar dos Seus envolvimentos, O encontramos em Seus obstáculos

A diferença entre a Cabalá e a religião é que a Cabalá ensina como unir as pessoas, para que em sua unidade, o amor das pessoas, descubra a propriedade chamada Criador. “Do amor aos outros – ao amor do Criador”, que é o objetivo do desenvolvimento e correção do homem.

O comportamento de Trump não é uma questão de caráter, mas de economia. A #economia mundial chegou a um impasse. A divisão dos mercados é inevitável. Quem fecha seu mercado para importações como #Trump, vai ganhar no fornecimento de empregos para o povo. É melhor que ter uma guerra.

Se a pessoa concorda em permanecer em sua condição para sempre, porque recebe do Criador, está em adesão com o Criador. Se está pedindo mais, então a autopiedade a consome. Mas se eu concordar, então com este estado começa o Sulam (escada) – a ascensão espiritual.

No desenvolvimento do grupo, nós passamos pela revelação do mal em cada um de nós e nos esforçamos para o bem: este é um trabalho de grupo, ninguém pode se ajudar. Todos os esforços são apenas para se unir com os amigos em uma intenção, pensar da mesma forma e aspirar.
#Cabalá

Do Twitter, 06/07/18

Comente