Comida Jogada Fora

laitman_627_2Nas Notícias (Times of Israel): “Israel está jogando fora cerca de 35 por cento dos alimentos que produz, num valor estimado de 18 bilhões de shekels em 2015, de acordo com um relatório divulgado esta semana pelo Leket Israel, o Banco Nacional de Alimento.

“O desperdício de alimentos em Israel tem implicações de longo alcance, especialmente para os 17% da sociedade israelense considerados em “insegurança alimentar” – aqueles que não têm certeza de que vão ter comida suficiente ao longo do mês.

“‘Há coisas que podemos fazer com um esforço mínimo para resgatar comida, mas precisamos ter políticas que direcionem isso, políticas que venham de um nível de governo’, disse Gidi Kroch, CEO da Leket Israel”.

Meu Comentário: Eu acho que é muito mais do que isso. Mas mesmo isso seria suficiente para alimentar todos os necessitados.

Comentário: Muitas medidas estão sendo tomadas para evitar jogar comida fora.

Meu Comentário: Nada vai ajudar com isso ou mortes por acidentes de automóvel, problemas nas escolas, família e todos os lugares possíveis. Somente a ascensão de uma pessoa ao próximo nível de desenvolvimento ajudará a resolver todos os problemas.

As pessoas jogam comida fora porque o que acontece com os outros não importa para elas. Se você soubesse que seus filhos, vivendo a poucos quilômetros de você, estivessem agora morrendo de fome, não lhes traria comida?

Falta-nos a sensação de que somos uma família. Portanto, é necessário reavivar esse sentimento entre nós. Assim, haverá abundância de tudo para todos. Caso contrário, não será possível resolver esse problema.

Não estou dizendo que é necessário correr e distribuir comida. Mas qualquer um voluntariamente deixaria de lado todos os seus excedentes. Então, isso não é sequer compartilhar com alguém, mas simplesmente dar-lhes o excedente que estamos jogando fora.

Então tudo estaria bem e racional com respeito à comida. Não podemos imaginar a quantidade de comida que é jogada fora em lojas, supermercados, salões de casamento e restaurantes. Nós jogamos fora mais do que comemos.

Isso significa que devemos organizar sistemas de distribuição especiais. Então as pessoas não vão morrer de fome e sempre haverá o suficiente para todos.

Se sentíssemos que aqueles que estão com fome fossem nossos parentes, isso nos levaria a colocar nosso excedente de lado e criaria um sistema para coletá-lo e distribuí-lo. O mesmo poderia ser feito com roupas e tudo o mais, ou seja, os imensos excedentes de produtos que fabricamos.

É possível alcançar esse sentimento somente quando começarmos a implementar a grande regra geral: “E amarás o teu amigo como a ti mesmo” (Levítico 19:18), ou pelo menos quando sentirmos que somos um só povo.

Mas nós só podemos conseguir isso com a ajuda de uma reeducação séria e de nenhuma outra maneira. É impossível resolver problemas como esses de forma diferente. Nós devemos falar e escrever tanto sobre isso de modo que todos entendam como estão vivendo e quem eles são. Então será mais fácil explicar às pessoas que precisamos fazer algo sobre nós mesmos.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 11/01/16

Comente