Será Que Donald Trump Determinará O Destino De Israel?

Laitman_409Nas Notícias (Haaretz): “Trump Diz Que Israel Será Destruído A Menos Que Ele Seja Eleito Presidente”

“Donald Trump disse que se ele não for eleito presidente, o acordo nuclear do Irã destruirá Israel.

“O acordo do ano passado, que negociou a suspensão de sanções por uma reversão nuclear, ‘vai destruir Israel – a menos que eu seja eleito’, disse Trump a líderes trabalhistas da grande Cleveland na segunda-feira, de acordo com o The Columbus Dispatch. ‘Então, Israel vai ficar bem’.

Pergunta: Trump está dizendo claramente: “Judeus estejam comigo, votem somente em mim”. Pode ser que os judeus nos Estados Unidos são uma potência tão influente? Afinal, grandes massas de muçulmanos e outros povos vivem nos EUA hoje.

Resposta: Os judeus nos Estados Unidos são muito poderosos, por enquanto, apesar do fato de serem divididos em muitos sectores, extremamente fragmentados. Eu ouvi dizer que alguns ainda se recusam a tomar parte nas eleições. Eu espero que antes das eleições haja algumas mudanças que irão agitá-los. De um modo geral, o futuro de Israel depende diretamente de quem for o próximo presidente: Hillary Clinton ou Donald Trump.

O Presidente Obama tornou-se uma enorme força destrutiva que despertou o mundo o máximo possível. A humanidade ainda não compreende a extensão dos danos. E Clinton, uma protegida de Obama, vai continuar a implementar suas ideias, especialmente porque vai ser mais fácil para ela fazer. Sua política será gerida de uma forma totalmente diferente; será muito mais difícil e não escondida.

Eu acredito que Donald Trump tem uma abordagem melhor para o correto desenvolvimento do mundo do que Clinton. Ele não é o candidato ideal, é claro, não há nenhuma discussão sobre isso, mas em comparação com Clinton, ele é mais adequado para rever o paradigma mundial e mudar seu vetor de desenvolvimento em vez de continuar os mesmos problemas que surgiram com o governo Obama.

Nos últimos anos, tem havido enormes mudanças no mapa político e econômico do mundo. E nisso não podemos culpar ninguém, excetos os líderes dos países mais poderosos. A propósito, durante o seu reinado, os EUA deixaram de ser o país mais poderoso e rico, mas está mostrando toda a sua fraqueza e declínio. Portanto, nem Obama nem o seu sucessor Clinton merecem continuar.

Comentário: Por outro lado, você continua mencionando a influência superior, a força superior, que controla os corações dos líderes e que através deles empurra a humanidade através do sofrimento.

Resposta: Nós podemos escolher não seguir o caminho do sofrimento. Uma das opções que temos é escolher o caminho do bem, a maneira mais rápida de desenvolvimento harmonioso.

Se os judeus quiserem avançar ao longo do caminho certo, a liderança superior irá nomear um líder que irá aparentemente levar o mundo à meta por um bom caminho. Mas se eles não quiserem avançar à meta ao longo do bom caminho, a liderança superior irá consequentemente nomear um líder que irá gerir o mundo de mdo que teremos que seguir o caminho do sofrimento.

Ninguém neste mundo determina nada. Infelizmente ou felizmente, tudo é determinado apenas pelos judeus e tudo se resume a eles, incluindo as eleições nos Estados Unidos e em todo o mundo.

De KabTV “Notícias com Michael Laitman” 07/07/16

Comente