A Economia De Consumo Colaborativo

Laitman_506_5Nas Noticias (inosmi.ru): “Emprestar, pedir emprestado, compartilhar – esses são o denominador comum da economia de consumo colaborativo. Você pode compartilhar horas de trabalho com alguém, se não usá-las plenamente. Isto se aplica a quase qualquer coisa – de um metro quadrado no escritório a equipamentos de trabalho.

“As empresas intermediárias estabelecem o contato entre o comprador e o vendedor, para o qual, geralmente, recebem o pagamento de uma pequena percentagem.

“A economia de consumo colaborativo está agora na fase inicial de desenvolvimento, mas é claro que mais e mais serviços em breve estarão disponíveis dessa forma. Já existem recursos como uma plataforma digital para amantes de cães se comunicarem, vários aplicativos para realização de serviços, almoços caseiros e outros serviços menores.

Outro exemplo de implementação da ideia da economia de consumo colaborativo é em casa [Suécia], em Lund 2019. Os inquilinos da propriedade têm acesso ao fundo de veículos elétricos, bicicletas e um apartamento de hóspedes. Nesse caso, eles são chamados a compartilhar as coisas entre si.

“Por que a economia de consumo colaborativo causa tanto interesse? Graças a ela, você começa a conhecer pessoas que de outra forma nunca encontraria. Ela é construída na confiança mútua, que ensina as pessoas a confiarem umas nas outras. Isso aumenta a eficiência da utilização dos recursos. Além disso, promove soluções novas e inovadoras para os problemas diários e reforça o setor privado da economia. …

“Mas, em primeiro lugar, ensina as pessoas a ajudar e confiar umas nas outras”.

Meu Comentário: Se avançarmos dessa forma sem corrigir o nosso egoísmo, a partir desse maravilhoso empreendimento, tudo o que restará é um negócio, impostos e a publicidade que sufoca tudo. O que aconteceu com a União Europeia vai acontecer. Sem a educação prévia das pessoas sobre as boas relações entre elas para obter a máxima compensação – a sensação de pertencer à eternidade – as pessoas não irão se comportar de forma responsável, o que é fundamental para um bom relacionamento, porque o ego não vai permitir isso!

Comente