Um Direito Honrado Que Custa Muito Caro

Laitman_421_01Israel deve levar o mundo inteiro à correção, e a história do profeta Jonas, que lemos no Yom Kippur, sugere isso muito claramente.

O direito de ler essa história durante a cerimônia é geralmente comprado com uma grande soma de dinheiro. As pessoas mais ricas competem pelo direito de lê-lo na frente de todos os outros; este é o ponto culminante do Yom Kippur.

As pessoas acreditam que isso garante grande sucesso a uma pessoa por todo o ano. Elas tratam isso como uma tradição simples, sem pensar no que está sendo dito nesta história.

O profeta Jonas recebe uma missão do Criador para ir à cidade pecadora de Nínive e corrigir seus habitantes. Jonas o judeu não quer realizar essa missão e trazer a paz entre os povos do mundo. Ele tenta fugir e embarca num navio que está prestes a zarpar.

Jonas dorme no seio do navio, mostrando que nada lhe diz respeito. Veja como essa história é simbólica; ela ensina sobre a situação atual do povo de Israel. E assim a tempestade vem, as ondas sobem e ameaçam afundar o navio. Os marinheiros lançam a sorte para descobrir quem é o culpado por essa tempestade, e a sorte recai sobre Jonas. É assim como as nações do mundo culpam Israel hoje por todos os seus problemas.

Jonas reconhece que é o culpado por tudo, e concorda em ser atirado ao mar. No mar, ele é engolido por um grande peixe e permanece em sua barriga por três dias. Durante este tempo ele lamenta e entende que é obrigado a ir à cidade pecadora de Nínive e trazer seus habitantes de volta ao arrependimento.

Então o peixe o lançou na praia diretamente no caminho para a cidade de Nínive. Jonas vai à cidade e convence seus habitantes a se tornarem boas pessoas. Em seguida, o Criador é revelado a Jonas e lhe diz que Ele não podia abandonar Seu plano de corrigir todo o mundo, pois todas as nações do mundo são muito preciosas para Ele. E é assim que essa história tem um final feliz.

Veja que tipo de história eles nos dão para o dia mais sagrado do ano, um dia em que devemos esclarecer e avaliar a nossa condição, o nosso trabalho e as ações ao longo do ano passado, em toda a nossa vida.

Isto se refere às relações entre a pessoas. Todo o povo de Israel deve tomar para si o papel e a missão do profeta Jonas e realiza-los, não só para se unir, mas para levar o mundo inteiro à correção. De acordo com a tradição, nós pagamos um monte de dinheiro por esse direito honrado!

As pessoas assumem que essa ação traz grande sucesso, e isso é realmente assim, mas para ser sincero, não é no mesmo sentido que geralmente se acredita. Se o povo de Israel se unisse e levasse o mundo inteiro à unidade, nós poderíamos esperar grande sucesso.

Do Programa da Rádio Israelense 103FM, 20/09/15

Comente