O Amor É O Paraíso

Dr. Michael LaitmanPergunta: Muitos dos meus amigos se sentem infelizes porque não conseguem encontrar um parceiro adequado. O que a pessoa deve fazer para encontrar o amor verdadeiro?

Resposta: Em primeiro lugar, você precisa parar de esperar algumas qualidades extraordinárias dos outros e encontrar uma pessoa que entenda como uma relação de amor deve ser construída.

O amor é baseado apenas em concessões e no fato de que cada um cede ao seu parceiro e desfruta ter a oportunidade de fazer isso.

Eu não exijo do meu parceiro especial atenção e cuidado; pelo contrário, todo o meu prazer está no fato de que eu estou me anulando por sua causa.

Pergunta: Que prazer há em ceder a alguém?

Resposta: Isso é chamado de amor. Quando você dá algo a seu filho, você não recebe grande prazer? O mesmo pode acontecer em relação ao seu cônjuge. Você só sente que o filho está mais perto de você numa maneira animal, natural, uma vez que você o sente como parte de si mesmo.

Sua esposa é também um pouco sua, mas, no entanto, ela existe separadamente, está ao seu lado, e tem uma opinião independente. Mas, através da correção do amor, essa distância é apagada, que é a diferença entre meus desejos e seus desejos.

Atualmente, eu sinto apenas o meu próprio desejo e quase nenhum desejo do meu parceiro. Meu desejo é mais importante para mim do que o dele. Mas, é dito, “Torne o seu desejo como o Dele, para que Ele torne Seu desejo como o seu”. Esta é a condição do amor.

Nossos desejos precisam se unir em um só. Isto é chamado de adesão. “Marido e mulher, e a Shechina (Divindade) entre eles”, como se nós fôssemos um só corpo. É muito simples, só falta uma educação adequada.

Para ser capaz de amar, a pessoa precisa ser criada, educado e preparada em cursos especiais. Há uma falta de uma educação desse tipo para toda a humanidade. Até que aprendamos como alcançar tais relações, vamos continuar insatisfeitos.

Pergunta: Todo mundo está buscando o amor, mas como você convence as pessoas a frequentar os cursos? Duvido que elas vão gostar desta condição de se sacrificarem.

Resposta: Isso é porque nós estamos nos enganando. Nós pensamos que estamos vencendo, sempre insistindo em tomar uma posição. Mas quem se beneficia com esse engano? Nós queremos amar e satisfazer apenas a nós mesmos, usando nossos entes queridos, nossas famílias. Em última análise, isso não nos traz nem prazer ou amor.

Nós precisamos ensinar uma pessoa como satisfazer-se de forma correta, que é perfeita e eterna. Esta realização só é possível amando-se outro, uma vez que a pessoa sempre pode dar aos outros e satisfazê-los sem parar, continuamente obtendo prazer disso.

É um ciclo contínuo que sempre volta para mim, e desta maneira, eu alcanço um sentimento de amor eterno e absoluto, e até mais: a vida eterna.

Desde então, eu não estou consumindo a mim mesmo e o meu ambiente, mas, pelo contrário, trago à vida todos a minha volta com meu amor. Assim, eu alcanço o sentimento de ascensão sem fim a uma dimensão mais elevada, ao Jardim do Éden, à vida eterna. O amor é o paraíso.

Portanto, não há necessidade de procurar o amor em algum lugar, você simplesmente precisa construí-lo.

De KabTV “Uma Nova Vida” 30/07/15

Comente