O Último Estágio Da Evolução Corpórea

Dr. Michael LaitmanPergunta: Será que nós podemos dizer que o nosso progresso espiritual é paralelo à evolução do mundo?

Resposta: Não. O mundo corpóreo já evoluiu para sua fase final. Nós, por outro lado, estamos no nível humano e podemos continuar a nossa evolução num nível espiritual mais elevado.

Isso significa que a natureza inanimada, vegetal e animal, e o homem em sua natureza animal, esgotaram todas as opções de sua evolução. Portanto, o mundo não sabe como prosseguir. A pessoa não tem forças ou atributos corretos para mudar algo. A civilização chegou a um beco sem saída no curso de sua evolução e agora se depara com uma crise general em todos os aspectos da vida.

Ninguém sabe como acabar com a situação em que nos encontramos. Certamente, há espertinhos na sociedade que tentam chegar a soluções e, assim, antecipadamente, se tornam mais proeminentes e lucram com a situação atual, mas suas sugestões muito em breve se revelam inúteis e são como a contratação de um “faquir por hora”, e nada mais que isso.

Não importa o que os filósofos, economistas, políticos ou sociólogos dizem; eles não podem oferecer nada construtivo e positivo. Apesar de verem as coisas corretamente e compreenderem até certo ponto o que está acontecendo na sociedade, suas sugestões acabam sendo totalmente absurdas quando postas à prova. É simplesmente o seu ego que quer dizer que tem alguma ideia ou uma solução ou, pelo menos, uma forma de evitar fim que se aproxima.

Nós estamos num estado muito desagradável. As pessoas foram anestesiadas e, assim, continuam a viver com suas pequenas alegrias e tristezas, cambaleando através da sua existência temporária enquanto as coisas não ficam piores.

Pela primeira vez na história, a humanidade está num estado de apatia total.

Nós já tentamos de tudo: feudalismo, capitalismo, socialismo e comunismo e, agora, há certa inclinação a voltar ao sistema feudal, com países divididos em pequenas partes. É a mesma ideia do feudalismo. Duzentos anos atrás, a Alemanha era composta por dezenas de pequenos principados, e agora está pronta para se dividir novamente. Recentemente, houve uma sondagem em Veneza sobre a separação da Itália.

Eles acreditam que há algo lógico no rompimento: “Se eu me separar de você e você se separar de mim, nós nos tornamos unidades administrativas independentes e uma vez que estaremos por nossa conta, será mais fácil gerir a vida dentro de nossas fronteiras”. O ego não conquista grande áreas, por isso domina pequenas repúblicas que se separaram.

Em geral, elas são muito nacionalistas e até estão dispostas ao sacrifício, enquanto podem ser independentes. Os catalães, por exemplo, não suportam os espanhóis, os corsos não suportam os franceses e os escoceses não suportam os britânicos.

Este é um sinal de que não estamos prontos para a unidade e estamos tentando evitá-la de qualquer maneira possível, embora a natureza nos obrigue a unir. Se nós estivéssemos prontos para unir, de acordo com os nossos parâmetros, sentimentos e desejos, não haveria problemas.

Quando os europeus decidiram criar a União Europeia, eles não entenderam que tinham que anular, não só as fronteiras, mas também em relação ao desequilíbrio entre os países. Eles poderiam ter feito tudo isso, mas seus egos não permitiram que eles fizessem isso. Isso permaneceu sem correção e tantas nações agora querem voltar a algo mais tangível e pequeno e ao sentimento de que “isso é meu”.

Cada um dos sete bilhões de habitantes neste planeta está isolado em seu canto. Mais e mais pessoas se comunicam entre si apenas por meio da Internet. Apenas o método da educação integral fornece uma saída deste beco sem saída.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 26/03/14

Comente