Psicologia do Altruísmo

Dr. Michael LaitmanPergunta: Como nós podemos evitar o perigo do nosso egoísmo e a transformação do seu esclarecimento em psicologia?

Resposta: Não há nada de ruim na psicologia! Na verdade, a Cabalá é a psicologia espiritual interna. A psicologia deste mundo é egoísta por natureza; ela investiga o ego humano.

Mas há outro tipo de psicologia que se concentra em estudar aqueles que se esforçam em desenvolver qualidades de doação dentro deles, aqueles que aprendem a trabalhar em doação e percebem a realidade através desta qualidade e não por meio da qualidade de recepção. Este tipo de psicologia é chamada de sabedoria da Cabalá. Essa é a única diferença entre estes dois tipos de psicologia.

A psicologia deste mundo estuda leis comportamentais do desejo de ser satisfeito em benefício próprio. A sabedoria da Cabalá explora leis comportamentais do desejo de ser satisfeito em prol da doação.

A psicologia espiritual nos leva ao estudo sobre si mesmo. As ferramentas que nos permitem alcançar o amor do Criador são as seguintes: o nosso desejo de ser satisfeito, o nosso intelecto e coração, o grupo, o objetivo da criação, a nossa conexão com o grupo e a garantia mútua entre nós. De acordo com a meta que foi definida por nós, nós estudamos a Cabalá em vez da psicologia normal.

Pode parecer psicologia, mas na verdade, é uma revisão de nós mesmos. O material que nós estudamos são os nossos sentidos e o desejo de sermos satisfeitos. Este é um assunto da psicologia, já que seu objetivo é nos ensinar como nos sentir melhor.

Outras ciências, como a física e a química, perseguem outros objetivos mais abstratos. Na verdade, nós as desenvolvemos apenas para começar a nos sentir melhor. Nós somos incapazes de fazer o menor movimento neste mundo que siga outro objetivo.

Da 3a parte da Lição Diária de Cabalá 15/12/11, “Estudo das Dez Sefirot

Comente