Da Oposição À Perfeição

Dr. Michael LaitmanBaal HaSulam “Matan Torah (A Entrega da Torá)” (versão resumida): Porque é que o Criador não criou uma pessoa com toda a perfeição necessária para obter adesão com Ele? A razão para isto é que nós precisamos adquirir uma ascensão através da aplicação do nosso próprio esforço.

O Criador concedeu-nos a oportunidade de adquirir a grandeza por nós próprios. Nós aplicamos o nosso próprio esforço para chegar a Ele sem vergonha.

Por que é que Ele criou a vergonha e colocou sobre nós o fardo de ter de aplicar o nosso próprio esforço? Por que é que Ele se ocultou de nós? Tudo isto foi feito de forma a dar-nos a oportunidade de percebermos o sistema geral. E a única forma de perceber é ir de um estado não corrigido para um estado corrigido. A pessoa poderá perceber a perfeição se ela tiver visto o oposto dela. É por isso que o Criador nos separou e assim deu-nos a oportunidade de nos corrigir a nós próprios e recriar o sistema perfeito. Fazendo isto compreenderemos tudo na Natureza, que é o Criador.

Não há outra escolha. Esta é a única forma de podermos conhecer a criação em toda a sua profundidade. Todas as acções e estados que atravessamos ao longo deste caminho são necessários porque graças a eles, e à correcção que resulta deles, incluímos em nós próprios os vasos e as Luzes, tornando-nos assim perfeitos como o Criador. Não há outra forma de atingir este estado.

Ainda assim, porque é que não fomos logo criados perfeitos? Afinal de contas, não é o Criador onipotente? Aqui devemos perceber que criar algo no Seu nível, no mesmo estado que Ele, não seria considerado onipotência. Isto seria como se Ele não criasse nada. Se Ele está realmente a criar algo, então essa criação tem de ser oposta a Ele. Então somos deixados sem alternativa excepto adquirir a equivalência com Ele a partir da nossa oposição.

A “criatura” é alguém que possui qualidades que são opostas às do Criador e, contudo, está em adesão com Ele devido à sua correcção. É por isso que a criatura deve passar por todos os estados ao longo do caminho desta forma, revelando a profundidade total do abismo estabelecido entre ela e o Criador. Afinal de contas, ao fazer isto ela se eleva ao Seu nível.

Da 4ª parte da Lição Diária de Cabalá, 17/11/2011, “Matan Torah (A Entrega da Torá)”

Um Comentário

  1. è a busca de méritos para os seres humanos q justifica a elaboração de seres imperfeitos q atingem a perfeição por seus próprios esforços,garantindo assim o seu BEM alcançado por mérito proprio e não por acaso!

Comente