A Ciência da Cabalá Nos Dá Proteção Contra o Destino Cego

A humanidade hoje não sabe como continuar a se desenvolver e como resolver os problemas que aparecem. Mais e mais, esses problemas são sentidos de maneira confusa, como golpes vindos de um destino cego. No século 21 a mídia está repleta de profecias sobre o futuro, adivinhações e horóscopos. O fato é que vivemos num mundo que não conhecemos, mas hoje somos atraídos pelas profecias que não são baseadas na fé cega, como nas gerações do passado, mas que vêm da percepção da nossa fraqueza frente à natureza.

A fé em forças superiores que governam o mundo passou a ser a fé na ciência, que procura conquistar o domínio da natureza. Mas, no cume do desenvolvimento científico, as pessoas chegam a entender que elas não têm nenhum poder sobre a natureza e sobre seus destinos. Assim, elas começam a procurar pela Fonte da qual elas dependem.

No artigo “Exílio e Redenção”, o parágrafo “Congruência e Unidade entre a Torah [a ciência da Cabalá] e a Fé Cega, e o Desenvolvimento do Cálculo Humano”, Baal Hasulam explica que a humanidade irá inevitavelmente crescer desiludida ao tentar resolver esses problemas. As pessoas então irão aceitar a Cabalá como conhecimento, enviado do Alto, de como nos corrigir a nós mesmos e o mundo.

Comente