Como Os Cabalistas Definem O Amor?

237Pergunta: Os neurofisiologistas dizem que uma pessoa é apenas um animal confuso, e que sentir amor é resultado de um coquetel de feromônios, dopamina e oxitocina.

Os psicólogos não concordam com isso. Dizem que sentir amor é algo mais do que a soma de seus componentes: mental, social e assim por diante.

Os filósofos não discutem com ninguém. Dizem que o amor confunde uma pessoa e é a causa de toda a estupidez e de todas as descobertas que a humanidade fez.

Como os Cabalistas definem o amor?

Resposta: Os Cabalistas definem o amor como a conexão mais elevada de uma pessoa com tudo fora dela e a torna semelhante ao Criador.

O amor é um meio de se tornar como o Criador. O amor é algo que existe fora de nós. Não há amor em um indivíduo. Portanto, nenhum fisiologista e nenhum psicólogo podem saber nada sobre isso. Eles pensam em tudo apenas com base em feromônios e afins.

O amor é propriedade exclusiva do Criador que nos foi dada, e com sua ajuda podemos nos elevar do nível animado ao humano. O homem é Adão. “Adão” da palavra “Edomeh – semelhante ao Criador.

De KabTV,“Expresso de Cabalá”, 06/12/21

Comente