Remédio E Veneno

938.05Pergunta: Qual tópico pode capturar imediatamente as pessoas na primeira aula sobre educação integrada?

Resposta: Se as pessoas querem discutir algo de acordo com a integralidade da natureza, primeiro precisam aprender as regras do workshop, o cumprimento das regras de comportamento do círculo. Depois de se tornarem um tanto semelhantes a essa natureza, elas só ganharão com a interação adequada entre si.

No primeiro workshop, elas geralmente recebem questões para discussão para revelar a natureza do homem. “Qual é a essência básica de uma pessoa?” “Por que eu amo alguém e não outra pessoa?” “Isso vem de suas qualidades interiores ou porque eu sou muito ruim e ele é tão bom?” E assim por diante.

Por meio da discussão, as próprias pessoas chegam à conclusão de que cada um de nós é um egoísta. Esta é uma declaração do fato de nossa natureza. Embora fisiologicamente sejamos todos animais, existe um componente adicional em nós, nosso egoísmo, que é mau em tudo. Então, isso já é um diagnóstico. Mas existe uma cura para isso? O que ganhamos se formos curados?

Talvez, graças ao egoísmo, eu esteja correndo para frente, subindo, explorando, meus olhos estejam ardendo, eu queira esse prato, esse companheiro, essas férias etc. E sem ele, qual é o gosto da vida? O que significa que o ego tem lados positivos e negativos e eles precisam ser equilibrados de alguma forma.

Ao mesmo tempo, não destruímos o egoísmo de forma alguma, mas apenas o usamos corretamente para não perder. Onde ele me prejudicar, eu farei uma inversão em usá-lo e alcançarei um resultado melhor. E onde ele me ajuda, por que não? Se, olhando para você, invejo que você seja tão atlético, também começo a correr de manhã. Ou, olhando para alguém inteligente, começo a aprender. Nesses casos, o egoísmo é nosso ajudante.

Nossa atitude não é iogue nem nada semelhante a isso, onde tudo é colocado na supressão do ego. Não o suprimimos ou anulamos, mas apenas o usamos corretamente. Então acontece que existe um remédio dentro do egoísmo, como em uma cobra: remédio e veneno.

De KabTV, “Através do Tempo”

Comente