Não Perca Seu Equilíbrio Mental

630.2Pergunta: Uma experiência foi lançada em Bruxelas para restaurar a saúde mental durante a pandemia. Eles enviam pessoas não para farmácias, mas para museus. Além disso, as exposições do museu variam da indústria da moda ao tratamento de águas residuais.

Um sistema semelhante foi implementado em Quebec. Os médicos prescrevem até 50 visitas preventivas a museus durante o ano para seus pacientes. Eles dizem que isso será mais eficaz do que os antidepressivos durante esta crise.

Você gosta desta solução única em vez de antidepressivos?

Resposta: É muito boa. Pelo menos é uma espécie de processo educacional.

Pergunta: A pessoa esquece todos os seus problemas quando entra no museu?

Resposta: Ela começa a ver o mundo de uma maneira diferente.

Pergunta: E se os museus tratassem da história da moda, da história da humanidade, da natureza e assim por diante?

Resposta: Isso desenvolve a pessoa e expande sua mente. Ao mesmo tempo, ela começa a ver o mundo de maneira diferente. É necessário. Essa é a maneira de perceber onde estamos, o que somos na natureza e quem somos em geral. O homem realmente precisa disso. Com base em tudo isso, ele poderá solucionar outros problemas.

Pergunta: Você é a favor de visitar museus?

Resposta: Com certeza! Eu posso te dar um exemplo. Fiquei 28 dias em Toronto e Nova York e praticamente não saí dos museus. Todos os dias eu ia a um novo museu. Isso ajuda a expandir a mente.

Pergunta: Ou seja, uma pessoa que está em estado de crise precisa dessa expansão da mente?

Resposta: Sim. Ela vê o mundo de maneira diferente, mais ampla, como um todo, e vê conexões entre coisas, objetos e forças. Ela começa a olhar o mundo de tal maneira que o mundo acaba sendo muito maior do que este mundo pequeno e estreito em que ela sofre.

De KabTV, “Notícias com o Dr. Michael Laitman”, 09/09/21

Comente