Cruzar Uma Ponte Estreita

276.02Está escrito: “Saiba que o homem deve cruzar uma ponte muito, muito estreita, e a regra, a coisa mais importante, é não ter medo”. Como podemos ter apenas fé e nenhum medo?

Precisamos cruzar uma ponte estreita sobre o abismo, segurando as mãos uns dos outros. Acontece que todos dependem de todos. É assim que nos movemos do grau de Malchut para o grau de Bina.

Se quisermos a ajuda do Criador de cima, devemos nos voltar a Ele com uma oração chamada elevar MAN – nosso pedido. A ajuda de cima é chamada de MAD.

Cada um olha para aquele que caminha à sua frente. É uma ponte tão estreita que não consigo ver nada, exceto o amigo andando na minha frente. Portanto, devemos todos estar conectados uns com os outros e dirigidos ao Criador, a fim de sentir como Ele conduz a todos nós. Então, nessa cadeia, vamos nos mover de um lado do abismo para o outro, de Malchut para Bina.

Malchut é chamado este mundo, que agora sentimos egoisticamente, e Bina é chamado o próximo mundo, que existe de acordo com a lei de doação. Portanto, é claro que o próximo mundo existe em todos os lugares e não é revelado depois que uma pessoa morre. Após a morte, não há nada: o corpo animal morre e se decompõe, nada permanece. Mas durante essa vida, temos a oportunidade de entrar no verdadeiro próximo mundo, a qualidade de doação, a qualidade do Criador.

Não ter medo é ver o Criador diante de nós que cria dificuldades para nos ensinar a andar, como os pais ensinam um bebê a dar os primeiros passos.

Da Lição Diária de Cabalá 23/09/21, “Preparando-se para Atacar no Congresso”

Comente