Conexão Entre A Luz, O Criador E A Pessoa

600.01Pergunta: Construir uma Sucá significa construir um Kli (vaso), e cobrir uma Sucá com um telhado significa preparar seus desejos para receber a luz. O que significa receber a luz? Qual é a conexão entre a luz, o Criador e as pessoas que de repente começo a tratar bem?

Resposta: Nossas almas são nossos desejos. Somente quando são corrigidos por intenções altruístas, eles são preenchidos com a luz superior, a energia superior. Dessa forma, começamos a sentir o Criador que está dentro de nós em nossas intenções corretas.

A luz superior ou o Criador entra em nós e nos preenche de acordo com a medida de equivalência que alcançamos com Ele.

Quando várias pessoas constroem uma comunicação correta entre si de acordo com leis claras, os sentimentos de doação mútua e amor mútuo começam a se revelar nessa conexão. E neles, uma vez que estão corrigidos, isto é, são dirigidos não para o eu egoísta da pessoa, mas para o benefício dos outros, sentimos a qualidade do Criador de acordo com nossa equivalência com Ele.

Essa qualidade de emanação e integração existe na natureza, mas para senti-la, construímos um receptor adequado dentro de nós. Se eu crio as condições de doação e amor dentro de mim, o campo de doação e amor que existe ao meu redor se manifesta dentro de mim, ou seja, um campo da mesma orientação é induzido.

O Criador constantemente nos envia informações por meio da natureza inanimada, vegetativa e animal e, é claro, por meio de outras pessoas, mas simplesmente não as reconhecemos.

Através de cada interação com qualquer pessoa, o Criador quer me dizer algo, mas não posso decifrar porque estou em um comprimento de onda diferente Dele, em qualidades diferentes.

Isso não é fácil de implementar, mas a lei é muito simples, puramente física, como a lei da indução [lei de Faraday] em nosso mundo. Todos os rádios e todos os receptores, em geral, são construídos com base no princípio da similaridade. Todo o universo opera com base neste princípio.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 19/10/19

Comente