Máscaras Estão De Volta

592.02Veja o que está acontecendo: o Criador está nos permitindo quase eliminar a pandemia, mas assim que respiramos aliviados e tiramos nossas máscaras, ela volta repentinamente com uma nova força. Isso é para nos mostrar que nada foi embora e não aprendemos nada com a última onda. Portanto, após uma redução temporária, ela retorna novamente.

Precisávamos dessa trégua para distinguir o segundo golpe do primeiro e entender que não fizemos nada. Se a pandemia simplesmente continuasse, seria um golpe com o qual nada aprenderíamos.

Por que houve dez pragas no Egito? Uma não foi suficiente? A Hagadá de Pessach diz que o povo de Israel recebeu quatrocentos golpes, cem, duzentos, trezentos.

Estamos no estágio da correção final, quando todo o mal deve ser revelado. No entanto, de que forma será revelado depende de nós, do nosso desejo de receber a força da correção.

O caminho mais curto e ideal é se voltar ao Criador e pedir a Ele a força da conexão. Devemos estar conectados como no sistema corrigido de Adam HaRishon. No entanto, não há nenhuma maneira de alcançarmos tal conexão, exceto com a ajuda da força superior que nos influenciaria e tornaria possível nos conectarmos uns com os outros e todos nós juntos com o Criador.

Não temos outra escolha. Caso contrário, receberemos golpe após golpe. O povo de Israel pode ouvir isso porque tem um ponto no coração e o coração é o lugar onde essa informação é recebida.

O coronavírus nos liga. É como um símbolo de nossa conexão egoísta. Portanto, ele passa de pessoa para pessoa e se manifesta egoisticamente, a fim de, finalmente, nos ensinar como mudar as relações entre nós.

De KabTV, “Conversa com os Escritores” da KabTV 24/06/21

Comente