O Grande Jogo Da Natureza

238.01Comentário: Agora em nossa geração, simultaneamente com o vazio, há uma aspiração por algo que a pessoa ainda não tem consciência. Então, como Baal HaSulam disse, tudo isso é um jogo, como na parábola com o escravo.

Minha Resposta: Claro, este é um grande jogo da natureza ou do Criador. Natureza e o Criador são a mesma coisa.

Como resultado, todos nós vamos rir do que aconteceu, da maneira como ríamos de nós mesmos quando éramos crianças, crescíamos, nos confundíamos, brincávamos, caímos, desmontávamos e remontávamos algo sem saber o que e como. Mas graças a essa farsa, durante muitos anos de desenvolvimento nos tornamos adultos. Nunca sabemos o que estamos fazendo.

Olhe para uma criança pequena. Ela sabe de alguma coisa? Mas ela faz algumas tentativas o tempo todo. Em princípio, nosso desenvolvimento é muito incompreensível. Deve ser incompreensível. Isso é o que é interessante!

Como posso entender com antecedência meu próximo estado se ele é mais desenvolvido do que o atual?! Em um dia, em um minuto ou em um ano, devo ser melhor, mais alto, mais forte do que hoje; ou seja, devo ser mais desenvolvido.

Como posso entender isso agora?! Com minha mente, não posso! Como então posso conseguir isso? É por meio desse movimento difuso e confuso.

Para nós, parece desordenado, porque não percebemos com nossos cérebros que existe uma ordem magnífica, uma harmonia superior, a harmonia de um nível superior, mas ainda não a entendo. Parece-me um total absurdo. Olhamos para as crianças: “Isso é assustador! Olha o que eles fazem!”

Recentemente, assisti meu neto. Por meia hora, ele caminhou e coletou pinhas sob as árvores e depois as espalhou, depois as coletou novamente e espalhou novamente.

Bem, colete uma vez e pronto! Não. Sua natureza o impulsiona o tempo todo, o empurra para ações tão interessantes.

De KabTV, “O Poder do Livro do Zohar” # 13

Comente