O Começo Da Conquista Do Criador

294.4Pergunta: Em nosso mundo, toda a humanidade tem um entendimento comum do que é a fé. Disseram-lhe algo e, embora não o tenha visto, não o sinta e não o alcance, você acredita nele. E conhecimento é o que alcançamos em nossos cinco sentidos.

Mas a Cabalá estuda um estado chamado fé acima da razão. O que isso significa?

Resposta: Na Cabalá, tudo é totalmente diferente deste mundo. O estado de fé acima da razão chega à pessoa após um período de trabalho bastante árduo, quando ela começa a entender o que a Cabalá diz sobre o nosso mundo e o mundo espiritual.

Fazendo certos exercícios, a pessoa começa a sentir que tudo o que acontece com ela vem de alguma força superior, inteligência superior, vontade superior e segue um certo programa que pode ser chamado de Criador, o desejo do Criador, o plano do Criador. E a pessoa vê que tem praticamente apenas uma ação restante em nosso mundo: conectar todas as suas sensações com o Criador. E ela faz isso gradualmente.

Ela atribui tudo o que acontece ao seu redor à força superior, não porque está escrito para fazer isso, mas porque ela começa a sentir que há uma certa tendência, significado e propósito nisso – em todos os casos da vida para direcionar uma pessoa a apenas uma fonte, o Criador.

Via de regra, a pessoa começa a experimentar todos os tipos de sensações desagradáveis, ameaças, medos e derrotas em seu egoísmo, em seu orgulho e em sua autoconsciência. Ela sente a hostilidade do mundo em relação a ela proveniente de várias fontes. Então, por trás de todas essas fontes, ela começa a ver um certo sistema de forças chamado de “Criador”, que atua na pessoa dessa forma de modo que ela seja direcionada a Ele. Ou seja, por trás de toda a variedade de natureza inanimada, vegetativa e animal, existe algum tipo de força, um plano, um programa; existe uma única fonte.

E a própria força está escondida da pessoa. Ela deliberadamente se manifesta à pessoa de tal forma que ela olha em sua direção. O que significa em sua direção? Ainda não está claro. Acontece que em tudo o que lhe acontece, ela se acostuma a ver a única fonte.

Esforçando-se nisso, a pessoa, por assim dizer, sobe para outro nível de atitude em relação ao que está acontecendo no mundo, no universo, ao que é chamado de fé acima da razão.

A razão é o que uma pessoa pode sentir em seus cinco sentidos em nosso mundo, como todas as outras pessoas. E a fé é a habilidade de relacionar tudo o que acontece com ela ao próximo nível, a uma certa força, que desta forma a educa gradualmente.

Inicialmente, isso é apenas uma sensação, porque a pessoa ainda não atingiu exatamente a fonte em si. Ela não pode dizer nada sobre Ele, exceto uma coisa: é a fonte que lhe envia todas as provações. E acima das provações, a mesma fonte ajuda a pessoa a se voltar a Ele.

Assim, Ele direciona a pessoa a Si mesmo: “Preste atenção em mim. Você recebe tudo de mim. Eu sou o único governante neste mundo. Eu sou o único que governa você, sobre todas as suas ações, estados, pensamentos, sentimentos, sobre tudo ao seu redor, sobre todo o universo. E tudo o que afeta você vem de Mim”.

Este é o início de alcançar o Criador como a fonte de tudo o que acontece, quando precisamente em condições críticas surge a necessidade de algo maior e a pessoa não entende o que está acontecendo com ela, por que e como. Tudo isso a oprime e confunde.

Então, como resultado de uma grande turbulência interna, um sentimento repentinamente desperta de que isso vem da força superior.

De KabTV, “Estados Espirituais”, 11/03/19

Comente