Mais Alto E Mais Alto

1.02O Criador teve uma difícil tarefa diante Dele de criar um homem que fosse semelhante a Ele, mas que ainda permanecesse uma pessoa, isto é, um ser independente do Criador. Ele não estaria dentro do Criador, como um feto no ventre da mãe, que não é considerado existindo por conta própria, pois toda a sua vida é por meio de sua mãe.

Uma vez eu escrevi Juntos Para Sempre: A História Do Mágico Que Não Queria Ficar Sozinho, que fala exatamente disso. O mágico estava sozinho e decidiu fazer um amigo. Ele tentou fazer um amigo de pedra, de uma flor, um cachorro, de algo que está em um nível inanimado, vegetal ou animal, mas percebeu que era impossível. Afinal, não há ser independente que se opusesse ao Criador.

Então Ele decidiu criar um homem com um grande desejo de desfrutar, que será oposto ao Criador, discordará Dele, resistirá e até ficará com raiva e O odiará.

Todo esse egoísmo deve existir em nossa base para que possamos sentir, compreender e nos conectar com o Criador por meio dele. Uma pessoa deve necessariamente combinar dois opostos: escuridão e luz, bem e mal.

Mas o mal deve aparecer antes que o homem queira se separar dele, para se elevar acima de sua natureza. É por isso que a preparação para a criação de um ser humano é um processo tão complexo e demorado. Era necessário criar algo oposto ao Criador, o desejo de desfrutar que se desenvolve gradualmente com a ajuda da luz, conectando-se e separando-se dela, ou seja, funciona com dois desejos: recepção e doação.

É assim que o Criador prepara a criação: construindo e quebrando-a, construindo e quebrando novamente. E como Ele construiu e quebrou todos os degraus, todos os mundos até o mundo do infinito, Ele preparou todos os estados um oposto ao outro para que o homem pudesse viver entre eles e se elevar acima do bem e do mal, como está dito: “ E vocês serão como anjos, conhecendo o bem e o mal”. Este é o ponto a partir do qual a criação começa, a qualidade comumente compartilhada de amor e unidade.

Podemos dizer que a longa preparação para a criação começar a se corrigir e revelar seu verdadeiro estado terminou em nossos dias, durante nossas vidas. Somos o primeiro grupo a tentar permanecer no caminho certo para a meta. Todos os preparativos necessários já foram feitos para iniciar a ascensão ao nível espiritual chamado fé acima da razão.

Queremos subir de nosso próprio entendimento ao entendimento do Criador, que é chamado de fé. Nossa própria opinião é chamada de conhecimento, razão. Cada passo começa com escuridão, com o que minha natureza exige, mas eu me esforço para compreender o Criador e, portanto, devo me elevar todas as vezes. Eu não ajo ou penso da maneira que quero pensar ou me comportar, mas faço o que o Criador quer que eu faça.

O Criador é a propriedade de amor e doação, e se eu preencher Seu desejo, eu construo uma estrutura espiritual, um Partzuf, um sistema de conexão entre eu e o Criador através do grupo, da dezena, e toda a humanidade.

Eu não penso nem peço para mim, apenas para os outros, para que não se esqueçam da meta, não se desviem dela. Eu invisto neles com toda a minha mente e coração para trazê-los para mais perto do Criador e, ao fazer isso, me torno Seu parceiro. Sinto cuidado e preocupação por toda a humanidade, trazendo-a para mais perto do Criador.

Gradualmente, cada pessoa no mundo descobrirá que deve trabalhar dessa maneira. Afinal, se todos cuidarem dos outros em vez de si mesmos, vamos passar do caminho do sofrimento para o caminho da Torá, o caminho da luz, e nos livraremos do coronavírus e de todos os outros problemas. Se começarmos a pensar em unificação, o mundo ficará melhor por si mesmo. Precisamos apenas corrigir nossos pensamentos, e “tudo se resolverá no pensamento”.

Isso colocará em equilíbrio todas as forças da natureza que agora estão deliberadamente confundindo nossas vidas, como se estivessem embaralhando cartas. Tudo depende do nosso desejo no nível humano, o nível mais alto deste mundo.

Sentiremos nossos verdadeiros poderes humanos, bem como tudo o que ainda está oculto de nós no universo: buracos negros, matéria escura e todas as forças que estavam ativas antes da criação do mundo e o trouxeram à existência. Ou seja, começaremos a entrar na criação e sentir onde estamos. Esta não é uma fantasia, mas a ciência real, a ciência da Cabalá.

E tudo começa com o fato de que todos pensam não em si mesmos, mas em seus amigos, em todos, e assim avançam ao mais alto grau. Sair de si mesmo já é entrar no Criador porque Ele está além de nossos pensamentos e desejos egoístas. A fé acima da razão é o caminho para alcançar o próximo nível espiritual, avançando cada vez mais alto.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 03/11/20, “Trabalho com Fé Acima da Razão”

Comente