“Como Podemos Ler A Mente De Alguém?” (Quora)

Dr. Michael LaitmanMichael Laitman, no Quora: Como Podemos Ler A Mente De Alguém?

É possível se trabalharmos em nós mesmos de tal forma que nos tornemos pessoas diferentes. Em outras palavras, se passarmos para os estados dos outros, como se copiando seus estados para nós mesmos, então podemos ler seus pensamentos e desejos.

No entanto, não é uma tarefa simples. Fazer isso requer priorizar os pensamentos e desejos dos outros acima dos nossos, devotando-nos e até anulando-nos a eles. Então, tornamos nossa mente a mente deles e podemos sentir seus desejos e pensamentos.

Este é o resultado de um processo de aumento da grandeza dos outros, até o ponto em que os consideramos de extrema importância. Quando começamos a nos relacionar com primazia com os pensamentos e desejos dos outros, começamos a sentir um mundo totalmente novo e enorme se abrir: em vez de perceber dentro de nossas estreitas perspectivas individuais, adicionamos uma percepção por meio dos pensamentos e desejos dos outros. Pode ser comparado a como as células sentem que seu organismo hospedeiro é muito maior do que seu próprio status individual, o que faz com que ajam ao máximo para o benefício de seu organismo hospedeiro e recebam do organismo hospedeiro apenas o que precisam para agir em benefício do hospedeiro.

Quando descobrirmos esse tipo de conexão uns com os outros – onde cada um de nós pensa no outro como maior e mais importante do que somos para nós mesmos, e criamos uma atmosfera de apoio e encorajamento em fornecer um ao outro com tudo o que é necessário para alimentar essa conexão – experimentaremos uma harmonia recém-descoberta, decorrente de nossas inclinações unificadas de nos aproximarmos uns dos outros.

As leis da natureza, que são leis de amor, altruísmo e conexão, estabelecem o cenário de que ler a mente de alguém é possível, desde que o abordemos com uma intenção genuína em seu benefício. Se qualquer resquício de intenção egoísta e exploradora estiver dentro de nós, permaneceremos mental e emocionalmente desligados.

Comente