A Dezena É O Violino Do Criador

laitman_934O Criador é o absoluto, que não muda e se revela para nós como uma força do bem absoluto. Nossas percepções e desejos estão mudando, é por isso que dizemos que o Criador está mudando.

Mas, na realidade, as mudanças ocorrem apenas em nós. Portanto, para revelar o Criador, precisamos nos levar ao estado de equivalência com Ele, a fim de corresponder às Suas propriedades.

Mas como podemos nos tornar semelhantes ao Criador, se somos todos egoístas? Continuamos egoístas, mas devemos nos unir acima de nosso egoísmo com laços de doação mútua, unidade e amor, apesar de nossa rejeição natural. Somos como um instrumento musical desafinado que precisa ser afinado para tocar corretamente.

Está escrito sobre o violino do rei Davi que ele estava pendurado na parede e, em algum momento, ou seja, em um estado especial, começou a tocar sozinho. O grupo deve alcançar tal conexão entre os amigos, que estará em uma forma semelhante ao Criador. Embora todos permaneçam egoístas, eles superam seu egoísmo e se unem aos outros de tal maneira que a forma de nossa conexão corresponde à forma do Criador, perfeita.

Então o Criador se revela em nós. Ele não está em algum lugar fora do grupo, mas apenas dentro dele. Na medida em que dez amigos se sintonizam na conexão correta, na doação mútua, o Criador se revela e começa a tocar violino. Essa é a revelação do Criador aos seres criados.

Portanto, é necessário relacionar-se com o trabalho nas dezenas de forma prática e efetiva, esforçando-se para alcançar tal forma e espírito de conexão que seja semelhante ao Criador. Obviamente, estamos caminhando para isso gradualmente, através de 125 etapas, nos calibrando de maneira cada vez mais precisa.

Assim, nós alcançamos a revelação completa do Criador em nosso Kli comum, no HaVaYaH, quando “Ele é Um e Seu Nome, Um”. Isto é, o HaVaYaH, nossa dezena, está corretamente conectado por todas as dez Sefirot, por todas as suas menores sub- Sefirot internas, tanto que elas alcançam a unidade completa, correspondendo à natureza do Criador: doação absoluta.

Da 1a parte da Lição Diária de Cabalá 18/05/20, Escritos do Rabash, “A Agenda da Assembleia – 2” (1986)

Comente