Vida E Morte, Parte 7

709Tornar-Se Humano

Pergunta: Os Cabalistas dizem que “a tarefa de uma pessoa é uma existência em que não há senso de vida e morte. Se esse sentimento existe, significa que ela ainda não se elevou acima de seu nível animalesco, ainda não se tornou humano. Uma pessoa é alguém que existe para sempre e se sente assim”. O que isso significa?

Resposta: Se uma pessoa não sente esse mundo ao seu redor, isso significa que ela está um grau acima dele. No entanto, ela usa o mundo inteiro para avançar em direção à espiritualidade.

O mundo espiritual é a nossa conexão de um com o outro quando, em nossa unidade, revelamos uma força comum e mútua de doação e amor chamada “o Criador”.

Pergunta: O que é esse grau humano?

Resposta: O humano é Adam, da palavra “Domeh” (em hebraico), que significa “semelhante ao Criador”. Ele é como o Criador na qualidade de doação e amor. Nesta medida, já podemos falar sobre quem entre nós e em que medida alguém é um humano.

Pergunta: Será que eu entendi corretamente que uma pessoa que atingiu um certo nível espiritual morre e depois precisa nascer de novo em um determinado corpo?

Resposta: Isso se refere aos desejos e intenções, mas não ao corpo.

Pergunta: Digamos que um Cabalista morre, depois nasce de novo e passa por alguns estágios. O primeiro estágio, como qualquer outra pessoa, é o desenvolvimento inconsciente. Depois de algumas décadas, ele rapidamente se torna um Cabalista, e já ajuda os outros. Isso está certo?

Resposta: Isso é muito primitivo. Afinal, existe Ibur Neshamot, separação, adesão mútua das almas, seus movimentos e combinações e, portanto, não podemos dizer que tudo acontece dessa maneira. Tudo é muito mais complicado porque é um sistema único.

Assim que deixamos o mundo, somos imediatamente incluídos no mundo superior, onde existem estados muito diferentes. Não há separação entre almas como em nosso mundo onde elas estão como que separadas por corpos. Quando nossos corpos, isto é, nosso egoísmo terrestre, não existem, a relação entre as qualidades de doação e amor é completamente diferente.

De KabTV, “Fundamentos de Cabalá”, 14/01/19

Comente