As Lições Do Holocausto

Laitman_006Nós vivemos em uma época única, uma época em que nos é dada a chance de ter sucesso. Mas não há garantia de que iremos realizá-la. Fomos presenteados desta vez para ganhar força e compreensão de onde estamos e do que precisamos fazer.

Baal HaSulam chama isso de “o tempo das oportunidades abertas para a liberação”.

Essa oportunidade nos foi dada, e todo o nosso trabalho consiste em tentar implementá-la e trazer à vida tudo o que está escrito nos livros Cabalísticos. Ninguém sabe como isso irá resultar no fim. Baal HaSulam escreveu sobre a existência do perigo de que esta chance não seja concretizada e que o Estado de Israel se desfaça. Afinal, existem forças muito poderosas contra nós.

This is because the only condition for the existence of the State of Israel is our unity. Therefore, neither a military power nor America with Trump will help us—no other power, other than the power of our unity.

O Criador organizou esses inimigos para nós, inimigos que possuem paciência, poder, grande quantidade e qualidade. Nós devemos entender que precisamos do poder do Criador para lutar contra eles. Se entendermos isso, vamos vencer. Se não o fizermos, o Estado de Israel não tem futuro.

Isso porque a única condição para a existência do Estado de Israel é a nossa união. Portanto, nem um poder militar nem a América com Trump nos ajudarão – nenhum outro poder além do poder de nossa unidade.

A única questão é saber se a nação de Israel está pronta para ouvir isso e quando ouvirá. Até agora, ela está apenas ficando mais forte em seu orgulho e cada vez mais distante da verdade, cada vez mais distante uns dos outros, e é cada vez mais odiada por todas as outras nações.

Os judeus têm muito orgulho de seu sucesso material, que não tem conexão com sua missão inerente. Os judeus israelenses, europeus e americanos têm seus próprios sintomas particulares da doença, mas todos ainda estão unidos por uma coisa: o ódio das nações que os cercam. Esperemos que este caminho não nos leve a um Holocausto semelhante ao que já ocorreu no passado.

O tempo está se esgotando, desperdiçamos muito dele, e a nação de Israel ainda não mudou internamente para melhor; pelo contrário, tornou-se pior. Não temos ninguém de quem depender a não ser nós mesmos e o Criador. É um problema terrível quando existe a possibilidade de alcançar a correção e completar a nossa missão, mas as pessoas não a ouvem. Apenas 70 anos se passaram desde o Holocausto e suas lições aparentemente já foram esquecidas.

Tivemos a oportunidade de nos unir, de deixar os países onde fomos odiados e de começarmos juntos a descobrir a essência interior da nação de Israel conhecida por todos, tanto religiosos quanto seculares, sobre os quais está escrito: “O amor cobre todas as transgressões”. Mas ninguém quer aceitar esta lei; o oposto: a separação e o conflito interpessoal continuam a se fortalecer. Nós vemos que a história não nos ensina nada.

Somente através da disseminação da sabedoria da Cabalá e da atração da Luz que Reforma as coisas podem serem melhoradas. O mundo inteiro está sofrendo e continuará a sofrer ainda mais.

Estamos todos descendo por um plano inclinado. Esperemos que, com nossa participação na correção, a pressão do mundo sobre nós seja relativamente suave, mas, no entanto, nos obrigue a se unir.

Se não despertarmos nossos próprios egípcios, se não sentirmos que eles estão escondidos dentro de nós, dificultando nossa conexão, talvez o mundo nos ajude nisso e exija o método da conexão.

Houve uma época em que isso não era tão aparente, mas hoje todos entendem que a unidade criada nos últimos 30 a 40 anos está destruindo o mundo. Inicialmente, todos ficaram entusiasmados com o fato da sociedade se tornar global e integrada, pensando que isso nos traria prosperidade. Mas agora, já está claro que não é assim. Hoje as guerras reais já estão começando: China, EUA, etc.

Este é um sinal óbvio de que a união não é possível até que o egoísmo seja corrigido. E até que isso aconteça, a unidade será sempre prejudicial, como está escrito: “A unidade dos pecadores trará danos a eles e ao mundo”. No final, trará tremendas guerras.

Hoje, especialmente para o próximo Dia em Memória do Holocausto, o mundo está precisando muito desse esclarecimento (e do antídoto).

Da 3ª parte da Lição Diária de Cabalá 08/04/18, Shamati #190, “Todo Ato Deixa Uma Impressão”

Comente