Saia Do Egito Todos Os Dias

laitman_236.01Antes de mais nada, é necessário conectar-se ao Criador e depois tentar perceber todos os obstáculos através desse ponto de conexão, para que eles sejam usados ​​para intensificar a conexão com o Criador, ao invés de nos levar mais fundo em nossos problemas diários.

Eu devo deixar todos os meus medos e preocupações e me aderir ao “Não há outro além Dele”. Eu me conecto ao Criador, a esta única realidade existente, como um ponto, como no começo da criação.

“Veja que antes que as emanações fossem emanadas e as criaturas fossem criadas, a Luz superior simples preenchia toda a existência. E não havia vazio, como uma atmosfera vazia, uma cavidade ou um buraco, mas tudo estava cheio de luz simples e ilimitada”. Então, nesta Luz, um ponto negro se solidificou em oposição à Luz em seu desejo de receber.

Mas ele se anula completamente diante da Luz e eu quero fazer exatamente o mesmo! E depois que eu alcançar a adesão com a Luz neste único ponto, em outras palavras, em tudo o que está acontecendo comigo eu vejo apenas o Criador, eu serei capaz de começar a abrir minha mente, coração, pensamentos e desejos na medida que for capaz de relacioná-los ao Criador.

Eu mesmo não tenho nada; eu permaneço um único ponto. Nenhuma das minhas sensações pertence a mim, todas elas são enviadas pelo Criador para que eu me apegue ainda mais a Ele. Então meu ponto de adesão começará a se expandir sobre todos esses distúrbios e meu grau de conexão com o Criador aumentará. Acontece que estes não são obstáculos. Eles são um pouco uma “ajuda contra Ele”, pois para mim, este ponto está em oposição ao Criador, mas me ajuda a fortalecer cada vez mais nossa adesão.

Eu nem sempre sou capaz de relacionar tudo ao Criador, embora entenda que é assim que deve ser. Podem surgir problemas e medos de que eu seja incapaz de manter minha adesão com o Criador. O sinal de adesão é a alegria pelo fato de não haver mais outro além Dele, o bom que faz o bem. Quando estou em união com Ele, sinto-me completo e perfeito, porque quem está em perfeita adesão também é perfeito.

Se, no entanto, não há alegria, significa que estou no exílio e não em adesão com “Não há outro além Dele”.

Eu me sento no trabalho e me experimento no exílio, desperdiçando desnecessariamente meu tempo. Alguém veio com todas essas tarefas e eu tenho que perder toda a minha vida nelas. Não há escapatória; eu devo continuar, mas com a constante intenção de que, juntamente com toda esta atividade, estou me conectando ao Criador e me anulando diante Dele. E é especificamente por causa do meu trabalho e de todos os problemas, o chamado mundo ilusório, que tenho a possibilidade de fortalecer minha conexão.

E se eu alcanço a adesão, então eu deixo de experimentar este mundo, ele desaparece. Em vez de se separar, ele se torna unificador, em vez de esconder a tela, ele revela a tela.

Eu transformo o exílio em libertação apenas levando tudo ao Criador, e isso é suficiente. Toda a diferença entre o Egito e Israel é que o mesmo desejo exato que foi revelado no Egito muda sua intenção de doar, depois de passar pelo deserto e entrar na terra de Israel. É por isso que todos os dias devemos nos ver como saindo do Egito.

Cada dia deve ser dedicado a alcançar a adesão com o Criador; é assim que eu revelo que estou no exílio. É por isso que eu terei um trabalho diário de me aderir ao Criador acima de todas as distrações e transformar a minha inclinação ao mal em bem, transformar o anjo da morte no anjo da vida.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 07/03/18, Escritos do Rabash, “A Verdadeira Oração Está Acima Da Deficiência”

Comente