“Não Engula O Maror Sem Mastigá-lo”

Laitman_725“Não engula o maror sem mastigá-lo” significa que precisamos trabalhar em nossa unidade com maior perseverança, apesar de nossa incapacidade de alcançá-la. Se no grupo concordamos com a necessidade de nos unir, entramos no Egito.

Anteriormente, não concordamos nem falamos sobre isso. Primeiro, os irmãos negligenciam José e o expulsam. Mas depois há uma fome e eles concordam em se unir, e entram no Egito.

No início, eles vivem bem no Egito, mas depois começam a perceber que não conseguem se conectar. “E os filhos de Israel suspiraram pelo trabalho”, pois não podiam realizar nada. É então que “o clamor deles ascendeu a Deus por meio do trabalho”.

Este é o significado de “Não engula o Maror sem mastigá-lo”. Nós somos obrigados a “mastigar” esse trabalho e a sentir toda a sua amargura e peso, como o amargo e duro rábano de que o Maror é feito. Do trabalho árduo e do nosso fracasso, nós amolecemos e, por desespero, nos voltamos ao Criador.

Somente depois de muito trabalho nós começamos a sentir nosso cativeiro e a necessidade de sair dele, e começamos a sentir que há uma força que pode nos ajudar.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabala 20/03/18, Escritos do Rabash

Comente