“O Povo Se Levantou Todo Aquele Dia”

laitman_746.02Torá, Números 11:32 – 11:34: Então o povo se levantou todo aquele dia e toda aquela noite, e todo o dia seguinte, e colheram as codornizes; o que menos tinha, colhera dez ômeres; e as estenderam para si ao redor do acampamento. Quando a carne estava entre os seus dentes, antes que fosse mastigada, se acendeu a ira do Senhor contra o povo, e feriu o Senhor o povo com uma praga muito grande. Por isso o nome daquele lugar se chamou Kivroth Hata’avah [Túmulos do Desejo], porquanto ali enterraram o povo que teve o desejo.

Todos morreram, exceto aqueles que não tocaram essa ração do céu. Isso não está falando de pessoas, mas dos desejos em cada pessoa.

Todos os desejos egoístas – aqueles que caçam esses presentes – são instantaneamente punidos no deserto. Aqui reside sua correção – eles morrem.

Isto se refere a uma pessoa que avança no seu desenvolvimento espiritual e vê que todos os seus pedidos podem ser satisfeitos, mas isso implicará sua morte espiritual.

Pergunta: O que são as “codornizes”?

Resposta: Tudo em nosso mundo resulta da influência sobre o desejo de certa Luz, e o desejo é formado por sua influência. A Luz gera desejos, que então são revelados como mortos e são nomeados neste mundo.

Pergunta: Em princípio, todos os desejos que impedem o avanço de alguém são cortados?

Resposta: Nesse grau, sim. Mas então eles surgem novamente e são corrigidos. Nada permanece no estado egoísta.

Morto significa que não é adequado para o uso agora. No próximo momento, no próximo grau, tudo isso é revivido e corrigido. Assim como nós morremos neste mundo, em nossa compreensão, em nossa visão do que nos acontece, eles renascem.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 25/03/15

Comente