Preenchendo Os Desejos Dos Outros Como Se Fossem Meus

laitman_559Comentário: Muitas pessoas acreditam que a espiritualidade significa meditações ou algo desse tipo.

Resposta: Ela não é meditação em seus pensamentos, mas um trabalho contínuo em seus desejos para perceber os desejos dos outros e trabalhar com eles como se fossem seus.

Pergunta: O que você quer dizer com sentir os desejos dos outros como meus?

Resposta: Se você quer alguma coisa, por exemplo, eu tomo o seu desejo e o preencho e, assim, nos unimos em um único sistema integral, então me assemelho ao Criador.

Pergunta: Mas para isso, você deve saber qual é o desejo dos outros?

Resposta: Eu quero sentir os outros, mas eles não precisam me dizer quais são seus desejos.

Na medida em que pretendo fazê-los bem, começo a sentir os desejos dos outros. Eu subo acima de mim, deixo de sentir meus desejos e começo a sentir com precisão os desejos dos outros.

Eu tomo todas as suas propriedades, intenções e possibilidades e recebo o preenchimento do Criador porque tenho a força, porque estou em um estado espiritual. Tendo preenchido esse desejo em mim mesmo, eu o separo de mim e dou a pessoa de quem recebi a deficiência.

Uma pessoa pode não sentir seus desejos espirituais, mas eu os sinto e preencho, e assim a preparo para uma missão espiritual.

Como os desejos de realização espiritual e a revelação do mundo e do Criador emergem em nossa geração? Os Cabalistas prepararam esses desejos para nós e não importa que houvesse apenas alguns deles em comparação com o mundo inteiro. Eles fizeram isso.

Da Lição de Cabalá em Russo 12/03/17

Comente