As Provas Da Virgindade

laitman_549_02Torá, Deuteronômio, 22:16 – 22:17: E o pai da moça dirá aos anciãos: Eu dei minha filha por mulher a este homem, porém ele a despreza. E eis que ele lhe imputou coisas escandalosas, dizendo: ‘Não achei virgem a tua filha’. Porém eis aqui os sinais da virgindade de minha filha.

As “provas de virgindade” são os desejos pessoais de um indivíduo. Ele quer abandoná-los, não quer corrigir nada e diz que não são dele.

Ele não vai viver com essa mulher e dar à luz a sua prole; em outras palavras, não aceita nem ela nem o fato de que pode criar algo junto com ela. Isto é porque é impossível corrigir tal egoísmo.

Nós vemos isso em exemplos claros de nossa prática. A Torá descreve estados que todos sofrem em seu caminho individual. O indivíduo às vezes revela tal baixada egoísta nele que não pode fazer nada.

Muitos de nós continuamos, mas muitos vão “cair” e sair. Outros virão em vez deles, e desta forma a caravana está gradualmente avançando.

Torá, Deuteronômio, 22:17 – 22:18: E estenderão o manto diante dos anciãos da cidade. Então os anciãos da mesma cidade tomarão aquele homem, e o castigarão.

Um indivíduo deve se sentir sofrendo pelo fato de que quer desistir da cura de seu egoísmo. Sem este, ele não vai querer subir porque o sofrimento o ajuda a concordar com a correção. E desta forma ele é levado à felicidade pela “vara”.

De KabTV “Segredos do Livro Eterno” 05/10/16

Comente