Um Cabalista Pode Parar Uma Guerra

laitman_259_01Pergunta: Se um indivíduo se tornou um Cabalista, revelou o mundo superior e detectou as forças que estão ocultas de todos os outros, como isso afeta sua vida diária?

Resposta: Ele, como todos os outros, vai para o trabalho, cuida de sua família e cria seus filhos. Nada muda em sua vida, exceto que a partir do momento que ele se torna um Cabalista, pode tornar o mundo melhor através de suas ações.

Afinal, ele traz uma força positiva ao mundo, contra todas as forças negativas que estão vindo de todos os outros.

Todos os outros são egoístas, e ele é um altruísta. Assim, ele começa a fazer boas mudanças no mundo. Ele para as progressões más de eventos: guerras, desastres e atos terroristas. Ele envolve suas forças de doação e assim inclina o equilíbrio de forças para o lado do bem.

Pergunta: Como um Cabalista pode parar uma guerra?

Resposta: Tudo o que está acontecendo em nosso mundo é resultado da interação entre as forças do bem e do mal. Somente essas duas forças estão agindo em nosso mundo, divididas em muitas forças particulares, positivas e negativas: 613 desejos, 613 forças, 613 luzes.

No entanto, um Cabalista é capaz de equilibrar, como se numa balança, a influência que vem de Cima e torná-la boa. Ele pode colocar um peso no prato do bem, que vai mudar a seta na balança do lado negativo e leva-la ao centro de equilíbrio. Como está escrito: “Se a alma merece, ela sentencia a si e o mundo inteiro à balança (escala) de mérito”.

Pergunta: Então, por que não montamos um esquadrão de Cabalistas nas forças armadas para parar os ataques terroristas e guerras?

Resposta: É verdade! Mas para isso, primeiro precisamos criar muitos Cabalistas. Infelizmente, por enquanto, não há nenhum no mundo. Nós realmente esperamos que em breve possamos trazer muitos desses Cabalistas à nossa organização que possam ensinar a todos, alcançando mais e mais pessoas.

No entanto, hoje, o mundo carece de Cabalistas, e isso é evidente pelo que está acontecendo com o povo de Israel, dentro das fronteiras de Israel e além, pela atitude negativa de todo o mundo em relação a ele. Tudo isso é resultado do fato de que não podemos inclinar o mundo a uma balança de mérito, nem a nós mesmos, e nem o povo de Israel, e mais ainda, nem o mundo inteiro.

Só o povo de Israel é capaz de fazer isso. Só nós recebemos a liberdade de escolha, e se não formos capazes de mudar a balança para o mundo inteiro, para o lado do mérito, e nós mesmos, receberemos a reação negativa que estamos vendo hoje.

Do Programa da Rádio Israelense 103FM, 16/08/15

Comente