O Ponto De Conexão Do Criador Com O Seu Reino

Dr. Michael LaitmanNo passado, toda a humanidade vivia junto na antiga Babilônia, apenas neste mundo. Mas, depois, um pequeno grupo saiu da Babilônia e começou a avançar em direção ao Criador antes de todos. Este grupo é chamado de “Israel”, porque anseia pelo Criador, Yashar-El (direto ao Criador).

The Creator Point Of Connecting To His KingdomEles alcançaram o nível espiritual e depois caíram dele. Eles desceram ao Egito e saíram de lá, construíram o primeiro e segundo Templos, que foram destruídos, e acabaram retornando a este mundo e se misturaram com toda a humanidade. Agora, todos nós temos que sair deste mundo juntos.

Primeiro, o grupo de Israel sai do jeito que está, tendo sofrido a quebra e a incorporação mútua em todo o mundo. Agora, ele também é chamado de Israel, Yashar-El, e aqueles que sentem um desejo pelo Criador são atraídos a ele.

Assim como Abraão conduziu todos que o seguiram para fora de Babilônia, agora, também, quem quer avançar em direção â correção sai deste mundo. Afinal de contas, nós alcançamos a incorporação mútua completa.

Nós estamos no mesmo estado em que Israel estava uma vez, e precisamos nos amarrar a todo o mundo, por um lado, o que fazemos através da disseminação, e, por outro lado, nos conectamos ao Criador. Este é o nosso papel.

Nós trabalhamos com o mundo inteiro no nível corporal, mediante a disseminação da sabedoria da conexão em que temos muita experiência, mas trabalhar com o Criador é mais problemático, uma vez que não entendemos, não sentimos, e não sabemos como fazer isso. Nós estamos numa posição muito delicada quando se trata disso, e assim os Cabalistas nos dizem como estabelecer a nossa conexão com o Criador. Isto é a sabedoria da Cabalá.

O nosso papel é conectar o Criador à Malchut, ao desejo de receber, como seus portadores. Cada um de nós carrega partes de Malchut, mas uma parte não pode se conectar com a Luz, com o Criador. Deve haver dez Sefirot em Malchut, e ela deve ser vestida em ZA, que é o Criador. Ela deve atingir pelo menos o nível de seu Chazeh (peito).

Malchut começa a partir de um ponto aderido ao Chazeh de ZA, mas nós devemos atingir o ponto de conexão, a unidade, a fim de ser um ponto. Se todos nos conectamos como um homem em um só coração, este ponto, onde todos nos encolhemos e nos conectamos, aparece conforme nos anulamos e deixamos apenas um ponto para se conectar ao Criador.

Assim, Malchut se torna um ponto, e este ponto começa a se conectar com ZA. Caso contrário, não há nenhuma conexão entre Malchut e ZA, e sem nós, ele simplesmente não existe e está num estado quebrado, o que significa em nossa forma como seus fragmentos.

Da Conversa sobre a Importância da Disseminação 10/04/14

Comente