O Método Redondo

Do folheto “A Única Saída”:

Um dos meios mais eficazes e acessíveis da técnica é a “mesa redonda”. Uma mesa redonda é um mecanismo para a tomada de decisões em assuntos que afetam os interesses de todos os grupos sociais da sociedade, bem como um ponto de encontro para esses grupos sociais.

Mesas redondas são conhecidas há muito tempo. Segundo a lenda, o Rei Arthur, o lendário líder dos britânicos nos séculos V e VI, introduziu a mesa redonda para que seus soberanos e os participantes de suas festas não discutissem entre si sobre o melhor lugar e, com isso, se sentissem iguais.

Uma mesa redonda normal e bem conhecida já existia há cerca de 1500 anos. A mesa redonda Cabalística tem suas raízes na antiguidade. Era um dos instrumentos legislativos e educacionais mais importantes dos judeus no início da civilização. Foi usada para governar o país e criar a geração mais jovem:

“Ficamos sentados num semicírculo, em amor e amizade, como um todo, como o Sinédrio, não tendo dúvidas mútuas. Assim, nós vimos e ouvimos uns aos outros, e debatemos até que a decisão saiu corretamente.

Se tivéssemos nos sentado numa fila, e não num círculo, os primeiros não teriam vistos os últimos. Mas não nos sentamos num círculo completo, para que todos pudessem sair e entrar”. (Rashi, rabino Shlomo Ben Yitzhak, 1040-1105, comentarista da Bíblia e do Talmude e líder da comunidade no norte da França).

A mesa redonda proverbial provou ser uma ferramenta eficaz para a solução de vários problemas. Ao mesmo tempo, a eficácia da mesa redonda, com base no método da Cabalá, é simplesmente incrível. Completos estranhos experimentam tais relações que existem apenas entre pessoas mais próximas.

Com esta ferramenta, você pode melhorar relacionamentos na família, resolver conflitos no trabalho, e resolver problemas a nível nacional. Não é segredo que a raiz de todos os problemas, de engarrafamentos a confrontos armados, é em última análise a relação entre as pessoas.

É importante notar que a mesa redonda é realizada de acordo com certos princípios. Seus participantes devem fazer um esforço para adicionar sua própria individualidade e originalidade à concentração comum. Os esforços devem ser direcionados para minimizar os distúrbios e atritos, por um lado, e para aumentar a contribuição de cada um.

A técnica permite a superação de todas as barreiras que impedem o nosso entendimento: mentalidade, origem, idade, opiniões políticas, etc.

Ao mesmo tempo, uma solução específica para um problema específico não é o objetivo. Esta é uma consequência natural da unidade conseguida no círculo.

Chegar a um novo nível de relações integrais harmoniosas, similar à perfeição da própria natureza, é o nosso objetivo.

O método integral não começa ou termina com mesas redondas. A mesa redonda é apenas uma das muitas ferramentas da educação integral.

Comente