O Caminho Para A Adesão Com O Criador

Dr. Michael LaitmanShamati 1: “Não há outro além Dele”: O homem deve sempre tentar se ligar ao Criador. A adesão com o Criador é uma indicação de que tudo o que acontece está vindo somente Dele, e que Ele age e me influencia apenas com a ajuda da Luz; “Não há outro além Dele”, e Ele é o “bom e benéfico”. Eu tento descobrir esses dois fatos e continuar me aderindo a eles. Eu tento com todas as minhas forças e eu tenho certeza de não deixar nenhum deles.

Em tudo o que acontece, eu primeiro olhe para dentro de minha mente e vejo que isso vem como uma influência sobre mim do bom e benevolente e que “não há outro além Dele”.

Na representação que se desenvolve dentro de mim de todo este mundo e do que está dentro de mim, todo esse sistema me dirige no sentido dessa fonte que apresenta esta representação do nosso mundo, esta vida e eu. É aqui que Ele quer que eu descubra somente Ele através de todo esse teatro, até que o teatro desaparece e só Ele e eu permanecemos em adesão.

Portanto, não temos outro trabalho a não ser nos orientar assim em todos os momentos de nossas vidas. E tudo o mais é projetado para ajudar nisso: estudar a sabedoria da Cabalá, a fim de atrair a Luz que Corrige e despertá-la ainda mais para que ela ilumine mais fortemente. Eu devo estar num grupo com os amigos para que eles frequentemente me lembrem disso.

Eu devo estar envolvido com a disseminação para mostrar como essa força única age no mundo, porque eu saio para o mundo, querendo levá-lo para um acordo onde ele estará conectado num único conjunto que está integralmente ligado com o “não há outro além Dele”. Todas essas atividades são concebidas apenas para que por trás deste mundo, por trás dos amigos, por trás do estudo, eu descubra o Criador com quem estou em adesão.

É assim que sempre foi. Mesmo agora, nós estamos neste estado, só que está oculto. Isto me traz muita confusão. Esta ocultação é chamada de Olam (mundo), da palavra “Alama” (ocultação).

Nós temos que remover este mundo, remover esta ocultação, e assim, tudo o que estamos sentindo agora com nossos sentidos vai desaparecer, toda a natureza inanimada, vegetal e animal. Tudo vai se tornar conexão entre nós, entre os nossos desejos conectados. Dessa forma, nós descobrimos o poder único, o bom e benevolente. Tudo acaba no estado de “um recebe um”, uma criatura é preenchida por um Criador. Este é o fim da correção.

Da Convenção em Nova Jersey 09/08/14, Lição 4

Comente