Não Podemos Ficar Perdidos No Resto Das Pessoas

Dr. Michael LaitmanPergunta: Por que você acha que o povo judeu tem uma missão única? Eu não me sinto como parte do povo judeu, mas, antes de tudo, um ser humano, e depois disso um cidadão israelense, e só no final, um judeu.

Resposta: É compreensível que uma pessoa queira fugir da situação difícil que se encontra. Além disso, ela não sabe quem ela realmente é e o que deve fazer de acordo com o programa da criação.

Eu mesmo cresci na Rússia, quando o antissemitismo estava florescendo, um ódio aos judeus sem paralelo em qualquer outro país durante esse período. Isso foi depois da Segunda Guerra Mundial, após os expurgos e opressão de Stalin, e eu mesmo senti isso. A nacionalidade judaica era uma barreira para o ingresso na universidade, emprego e promoção.

Claro, por causa disso, eu não queria pertencer aos judeus, os párias do mundo e de toda a sociedade humana. Mas eu não tinha escolha, e comecei a examinar o que estava acontecendo. Esse era um fenômeno muito original para mim de acordo com as implicações negativas que eu tinha que reconhecer.

Eu não podia me esconder, e tive que controlar o que estava por trás disso, como se eu já existisse num papel assim. Eu comecei a pesquisar e investigar, e essas pesquisas me trouxeram à sabedoria da Cabalá.

Comentário: Há muitas expressões de antissemitismo no mundo e é difícil entender como as pessoas não conseguem prestar atenção nisso.

Resposta: Eles simplesmente não querem ver isso. A mídia israelense não aponta esses fatos, porque eles não estão interessados ​​em mostrar que o mundo está se movendo contra Israel. Eles apresentam isso como um protesto contra a política governamental ou contra os partidos e não contra todo o povo de Israel. Isto não é mencionado em nenhum lugar.

De KabTV “Uma Nova Vida” 14/08/14

Comente