Crise Para O Bem Do Futuro

Dr. Michael LaitmanOpinião (Steen Jakobsen): “Steen Jakobsen, economista-chefe do Saxo Bank, banco especialista em comércio on-line e investimentos, afirmou que a mente humana não aceita mudanças com facilidade.

“Nós estamos programados para buscar segurança, ficar dentro da caixa e evitar confrontos – basicamente para evitar qualquer alteração de hábitos em nossos pensamentos e ações. Este é particularmente o caso a nível político e social, e não apenas para o indivíduo. É esta mentalidade que nos impede de nos envolver num curso novo e arrojado de ação, mesmo quando as coisas vão claramente mal…

“Qualquer governo vai sempre começar por negar que há uma crise – a negação; eles afirmam que ela é temporária, é devido a fatores externos. …Um ano ou dois mais tarde, há alguma estabilização, mas ainda é uma crise, porque as dinâmicas subjacentes não foram alteradas por quaisquer mudanças estruturais reais. …Mas, finalmente, a dor por não mudarmos nossos caminhos se torna tão grande que não temos escolha a não ser atacar numa nova direção. . …

“Pelo menos metade do esforço em sair de uma crise é uma mudança da mente – o que um economista comportamental pode chamar de superar o custo submerso das antigas formas de pensar. Uma vez que a maioria de nós supera a barreira mental de admitir que a verdadeira mudança é necessária, então o exercício de acabar com a crise torna-se relativamente fácil – até mesmo revigorante”.

Meu comentário: A crise acontece na mente. Se a humanidade não tem suficiente força de vontade para aceitar a inadequação de sua natureza por sobrevivência e para mudar a si mesma, de modo a criar uma agenda para implantar a educação integral e treinar em todos os lugares, a fim de conseguir uma mudança positiva, a Natureza, como de costume, vai fazer essas alterações e a extinção do sofrimento. O mais importante na resolução da crise é o desejo de mudança!

Comente