A Linha Esquerda Vem De Cima E Nos Eleva

Dr. Michael LaitmanArtigo do Rabash, “O que tu não deves acrescentar e menosprezar no trabalho”: A pessoa que quer seguir o caminho da verdade tem que permitir certa quantidade de tempo para o caminho da direita, e então precisa seguir a linha esquerda. Sobre isso, nos é ordenado que é proibido adicionar um dos caminhos mais do que o outro, e vice-versa, se a pessoa diz que hoje quer seguir a linha esquerda. O caminho da direita é chamado fase da plenitude, quando a pessoa pode ser muito grata ao Criador. Então, ela precisa mudar para a linha esquerda, para o caminho da esquerda, que é a hora de ver o seu verdadeiro estado, como lhe parece dentro da razão. Então, há espaço para uma oração, já que uma oração pertence a um lugar de uma deficiência. E quanto maior a deficiência, mais do fundo do coração é a oração. Como se diz: “Das profundezas eu chamei você Deus”. Portanto, as duas linhas tem que ser equilibradas, “até que uma terceira venha e decida entre elas”. Então, depois de trabalhar nas duas linhas, a pessoa é recompensada com a adesão ao Criador.

A terceira linha, a linha do meio, é construída pelas duas primeiras linhas. Na primeira linha, a linha direita, eu agradeço ao Criador e aumento Sua grandeza, tanto quanto puder, tanto quanto fui impressionado pelo ambiente, os amigos e o estudo e posso imaginar o Criador como grande, onipotente, bom e benevolente, e misericordioso. A linha direita é a plenitude infinita.

Em seguida, na linha esquerda, eu vejo o meu verdadeiro estado, o que significa até que ponto eu não sinto tudo isso: eu não sinto que o Criador é grande e que Ele doa e é bom e pleno.

Depois, vem a terceira linha do meu desejo de ter a chance de realmente ver o Criador como grande e pleno dentro da minha razão e realmente agradecer a Ele e não apenas na fé acima da razão. A terceira linha vem e decide entre as duas primeiras linhas e, portanto, avança a pessoa ao longo da linha média.

Em resposta a tal desejo o Criador nos dá o poder de avançar e, a pessoa O alcança. Mas ela O alcança na fé acima da razão em sinal de gratidão. Ela já pode continuar em frente, constantemente avançando ao longo das três linhas: direita, esquerda e média.

Na linha média, ela pede que sua linha esquerda seja como a linha direita. Ela sente a grandeza do Criador e sua própria baixeza, e seu sentimento de deficiência nasce a partir destas duas linhas, esquerda e direita: uma oração que é respondida por um preenchimento, a revelação da grandeza do Criador.

Suas linhas direita e esquerda são conectadas através disso e a terceira linha nasce: a linha média. Assim, a pessoa dá um passo para frente, na medida em que pode elevar a grandeza do Criador ainda mais alto, e depois mudar para a linha esquerda e ver o que parece dentro de sua razão. Em seguida, uma oração nasce nela, e ela exige a ajuda de cima: a terceira linha.

As duas primeiras linhas dependem da pessoa, e a terceira linha vem de Cima.

Da Preparação para a Lição Diária de Cabalá 17/10/12

Comente