Dissolver-se Na Taça Da União

Dr. Michael LaitmanDurante o workshop, imagine que você está na sua alma e que as 10 pessoas sentadas com você num círculo não são apenas pessoas, mas a conexão que cria o vaso de sua alma. Nós descobrimos essa conexão entre nós à medida que recebemos a matéria, o desejo, o vaso geral coletivo, onde a Luz é revelada.

O desejo e a Luz, em conjunto, nos dão a sensação do nível espiritual onde vamos sentir uma força especial que constrói e sustenta esse nível, o que significa o Criador, e que inclui todos os desejos e Luzes. Nós temos que imaginar tudo isso durante o workshop.

A alma é a nossa doação mútua. Você está sentado num círculo de 10 pessoas e tem que imaginar uma rede de doação mútua que conecta a todos. Cada um sente que se anula nela e que é incorporado no desejo geral. Não há eu, você, ou aquele que doa aos outros; todos doam a todos. Na medida em que cada um desaparece totalmente, e em vez de dez pessoas e o campo entre elas, há apenas o campo de conexão que permanece e as pessoas parecem desaparecer.

Este campo é chamado de “vaso” espiritual, a nossa atitude, o desejo de doar ao outro. Consequentemente, a Luz se veste neste desejo de doação mútua.

Este desejo de doação mútua é chamado de “alma”, e a Luz que o preenche é chamada de “Luz da alma”, sua vida, sua vitalidade, NRNHY. Não há outra realidade! É nesta realidade que você entra mais profundamente a cada vez e começa a sentir que este é o lugar onde toda a humanidade, todas as forças e todos os relacionamentos estão. Este é o lugar onde você descobre o Criador.

Você se torna ilimitado, porque antes você se anulou e entrou no campo que o conecta. Com isso você elimina todos os limites: não é por absorver uma quantidade ilimitada, mas por ser incorporado ilimitadamente nos outros, como se se perdesse neles.

Graças a isso você começa a sentir o vaso todo. Isso é chamado de desejo de doar, que realmente remodela você e lhe dá uma forma ilimitada.

Da 1ª parte da Lição Diária de Cabalá 24/08/12, Escritos do Rabash

Comente