A Coisa Mais Importante É Uma Aspiração Interna

Dr. Michael LaitmanPergunta: Você disse que nós temos de jogar activamente em frente uns aos outros de que estamos no nível seguinte, de forma a que os outros nos invejem e nos sigam. Como pode isto ser expresso? Devemos ser simplesmente bons, amáveis, úteis, sorridentes e isto irá estimular e atrair os amigos? Ou devemos ser firmes em relação ao objectivo? Como devo eu mostrar isto de forma a provocar a inveja máxima?

Resposta: Nós estamos no mundo do Infinito, a conexão completa entre nós. O único problema é que não temos essa percepção. Somos como gatinhos cegos. Precisamos começar a sentir onde estamos na realidade através das nossas propriedades.

É por isso que as 125 etapas espirituais são chamadas de degraus de revelação, a revelação daquilo em que você existe. Mas você está subdesenvolvido e não sente isso. Aqui agora, como que no mesmo espaço (embora não seja realmente no mesmo espaço, mas noutra dimensão), existe abundância de vários fenómenos, objetos, relações, e acções. Nós não sentimos nada disso; está fora dos nossos sentidos.

Algumas pessoas, incluindo físicos, sentem isto um pouco. De facto, é assim. Babuínos a viver em Israel sentem o que se passa a 100 milhas dali de acordo com várias manifestações da natureza. Mas tudo isto ao nível do nosso mundo. Físicos como Wolf Messing sentem um pouco acima do curso, fora do tempo, porque a etapa seguinte eleva o homem acima do tempo, etc.

Isto é, jogamos o próximo nível superior, querendo assim atrair para nós próprios as forças da natureza de forma que elas nos puxem na sua direcção. Fazemos o mesmo nas nossas vidas; as pessoas jogam: eu quero ser como alguém, por exemplo, como cientistas ou músicos, eu toco isto, faço exercícios, e assim aproximo-me deles.

Porque é que os exercícios me puxam nesta direcção? Porque estou a atrair a mesma Luz superior, só que no nosso nível egoísta. Esta é uma lei física: se eu aspiro a algo, estas forças de aspiração apercebem-se de tudo. Por isso, devemos ser inspirados a jogar.

Mas mais importante, temos de desejar isto dentro de nós próprios porque inicialmente estamos conectados a cada um de nós, e se eu quero algo, os nossos desejos juntos concentrados e dirigidos ao mesmo estado irão guiar-nos a ele.

É por isso que há pessoas que dançam à sua frente com uma harmónica e inspirando outros, e há outros que ficam modestamente de lado e não conseguem sequer juntar-se ao círculo ou cantar junto com todos os outros; existem diferentes pessoas, não interessa. Externamente, devemos também mostrar isto aos nossos amigos de forma a ser inspirados juntos. Mas a coisa mais importante é a aspiração interna.

Do Congresso na Carcóvia “Unindo para Ascender” 17/8/12, Lição 1

Comente