O Mundo Das Nossas Intenções

Toda a sabedoria da Cabala fala somente sobre ações de doação que são realizadas na nossa conexão mútua. Toda a realidade exceto este mundo existe em doação. Este mundo aparece ante nós em sua propriedade oposta, onde todos recebem para si mesmos tanto quanto possível. Nessa tendência a “consumir para si mesmo” nós experimentamos nossa realidade corporal.

Imagine muitos pequenos desejos dispersos em uma superfície plana. Se cada um deles quer ter o maior lucro ao levar vantagem sobre todos os outros, eles criam uma conexão mútua que é chamada “esse mundo”, em todas as formas de sua matéria. Nesse caso, a pessoa é amarrada por hierarquia, casamento, filhos, união, e tudo o que acontece de acordo com sua intenção de extrair prazer uns dos outros. E esse é o modo que eles se ajustam entre si.

Isso é o que chamamos de “nosso mundo”, “esta realidade”, em todos os seus níveis: o inanimado, vegetativo, animando e falante (humano). Nós vemos os outros próximos ou distantes, dependendo deles em um nível maior ou menor, mas tudo isso é de acordo a nossa intenção de sentir prazer.

Nós construímos essa realidade, com nossas intenções de ter prazer não importa com o que seja. Mas, se alguém diz: “Não! Eu desejo me relacionar com os outros com a intenção de doar, não de receber”, ela irá experimentar sua nova atitude à mesma realidade como o mundo espiritual. Isso é descrito como: “eu vi um mundo reverso”.

Tudo é determinado pela intenção. Mudar a intenção de “para mim mesmo” para a intenção de doar significa atravessar o Machsom (a barreira que nos separa da espiritualidade). Nessa intenção de doar, existem 125 níveis, até que alcançamos a perfeita intenção de absoluta doação.

A realidade que percebemos agora na intenção de auto satisfação é imaginária. Ela nos é dada somente para que a usemos como um trampolim para a verdadeira percepção da realidade.

Nós recebemos essa atitude egoísta pelos outros de propósito para que possamos trabalhar em nós mesmos começando com ela e mais adiante, passar para a propriedade de doação, e ao ascender os 125 níveis, explorar a conexão entre nós ainda mais, isto é, subir  os degraus dos mundos espirituais. Somente nossa intenção determina o que experimentamos – isso ou o mundo superior.

[31030]
Da 2ª parte da Lição Diária de Cabala, 28/12/10, “Introdução ao Livro do Zohar”, artigo, “Vocês são meus companheiros”

Comente