O Jogo De Doação

Pergunta: Eu não entendo como os Kelim (Recipiente) de GE (Galgalta Eynaim) quebraram. São Kelim de doação, e não há nenhuma restrição à doação, existe?

Resposta: Não existe tal coisa como doar desejos (Recipientes,Kelim).Um recipiente só pode receber. O Criador criou o desejo de receber prazer.

O ser criado, pode doar se ele recebe a propriedade do amor da Luz. Só então o ser criado, tem uma tela, a capacidade de sentir o desejo do seu amado no interior, e preenchê-lo com a Luz porque o ser aceitou o desejo do outro como seu próprio, assim como está escrito: “Ama ao teu próximo como a ti mesmo.”

Um recipiente é um ser criado, e ele só age de uma maneira: Ele pode apenas receber e não tem nada para dar. O Kelim de Galgalta Eynaim é também o desejo de receber prazer (desejo) e quando eles perdem a sua tela (intenção de doar), eles recebem Luz de auto-gratificação e quebra.

Há apenas o desejo e a Luz, um ou outro. O desejo de receber é tudo do que a criatura é feita, mas se ela tiver uma tela anti-egoísta, então a propriedade de receber da Luz mantém-se, como um ímã mantém um pedaço de metal. Neste caso, a criatura permanece na doação. Mas logo que a Luz desaparece, este desejo torna-se imediatamente egoísta devido à sua natureza. Nada pode ser feito sobre isso.

Qualquer um de nós pode ser colocado em condições tais que irá nos forçar a abandonar um refinado e civilizado estilo de vida e retornar ao nosso “estado primitivo.” Tudo depende das correções. Assim que as correções partem, o desejo egoísta é completamente exposto, sem cobertura. Se as correções são adicionadas elas “aparecem” como desejo de doar.

Portanto, os Kelim de Galgalta Eynaim recebem assim como o AHP. A única diferença é que os primeiros são mais iluminados e não tão grosseiros como o último, daí, eles podem sofrer uma correção que irá fazê-los parecer, como “doação”. Mas tão logo a Luz e a tela desaparecerem eles tornam-se imediatamente em Kelim receptivos e assim como todos os outros.

Eles são mais fáceis de reformar, mas eles exigem a correção, no entanto. O ser criado nada mais é do que o desejo de receber prazer (desejo).
[29056]
Da terceira parte da Lição Diária de Cabala de 7/12/10, Beit Shaar haKavanot

Comente