Textos com a Tag 'twitter'

Meus Pensamentos No Twitter 22/01/20

Dr Michael Laitman Twitter

Qualquer autoridade é egoísta. A sociedade deve ser constantemente ensinada a se unir acima do egoísmo particular e geral. Unir a sociedade enquanto seu egoísmo está em constante crescimento – essa deve ser a principal preocupação dos governos. Caso contrário, tudo está se desenvolvendo em direção à sua própria morte.

Ao usar o mundo para deleitar o Criador, você vê um mundo espiritual. Suas interações com os outros e com o Criador se tornam mais claras – você revela uma rede de forças, relacionamentos, pensamentos, intenções e influências. Essa rede é a única coisa que existe. Nosso mundo “se dissolve” nela, uma vez que não determina nada.

Permanecer em constante adesão ao Criador é, durante qualquer ação, pensar no que fazer dentro de você, isto é, nas conexões com os amigos, dentro de sua alma, a fim de dar prazer ao Criador. É maior quanto mais eu pedir ajuda ao Criador para corrigir minha alma.

“Do amor às criaturas – ao amor ao Criador”. Ao dar prazer aos amigos, dou prazer ao Criador. O prazer que desperto no Criador pode ser medido pelo tipo de correção que obtive e pelo tipo de luz que recebo dentro do meu desejo corrigido.

Na espiritualidade, nada é passado para o superior – tudo está dentro do nosso Kli, é a única coisa que corrigimos e preenchemos, e, portanto, podemos verificar que tipos de prazer damos ao Criador, como nos corrigimos em prol da unidade e doação mútua.

Do Twitter, 22/01/20

Meus Pensamentos No Twitter 21/01/20

Dr Michael Laitman Twitter

Quem deseja se tornar independente tem que alcançar uma conexão estreita e correta com o Criador. A liberdade no mundo superior nos dará liberdade neste mundo, uma vez que não é apenas o mundo espiritual, mas ele projeta forças sobre nós que nos permitem suportar qualquer um. Então ninguém será capaz de nos prejudicar de forma alguma.

A humanidade precisa da sabedoria da Cabalá para alcançar a revelação da força superior. O desenvolvimento da humanidade esteve repleto de desastres, epidemias e guerras, a fim de obrigar o homem a refletir sobre o #sentido da vida. A Cabalá fornece a resposta. Ao atingir a força superior a cada momento, descobriremos o que estamos vivendo.
#Cabalá #proposito

Do Twitter, 21/01/20

Meus Pensamentos No Twitter 19/01/20

Dr Michael Laitman Twitter

O Departamento de Educação da cidade de Nova York está lançando um curso escolar para combater o #antissemitismo: o conhecimento sobre o caminho difícil pelo qual a nação #judaica passou, o ódio geral e a discriminação contra todos os grupos da população.
Mas esses são apenas fatos e não corrigem as pessoas. As pessoas têm que saber sobre a natureza humana e como corrigi-la!
#NYC #educação

Do Twitter, 19/01/20

Meus Pensamentos No Twitter 16/01/20

Dr Michael Laitman Twitter

Abraão é a conexão entre Bina e Malchut, o pai da nação, visto que ele transmitiu as qualidades de Bina à Malchut. Abraão quebrou o ego, os ídolos, mostrando que é preciso adorar a recepção de Bina, doação, e não Malchut. A doação se torna nosso Deus, e essa é toda a diferença entre Abraão e Ninrode.

Assim, ele revelou o método de conexão com o Criador e começou a ensiná-lo a outras pessoas – foi assim que a nação de #Israel surgiu.
#Cabalá

Adorar o Criador significa reverenciar a força da unidade. Todos os mandamentos visam a unificação na dezena, para que todas as dez pessoas cheguem à união no grupo. Esta é a essência, o significado e o objetivo dos mandamentos, porque devemos corrigir o vaso quebrado e obter adesão, Dvekut.

Começando com a “queda do homem”, o desejo egoísta apareceu na Babilônia Antiga, e #Israel é obrigado a corrigir seu desejo egoísta em um altruísta. Esta é a geração de Abraão, a força que dividiu a humanidade em duas partes, pelo apelo “Aqueles que estão com o Criador – venham a mim!” e “O amor cobrirá todas as transgressões”.

Os habitantes da Babilônia Antiga são chamados de “a geração de conflitos”. Era uma época em que toda a alma comum de Adam HaRishon se dividiu em duas partes: Galgalta Einaim e AHAP, os desejos da “cabeça” e do “corpo”, Israel e o resto das nações do mundo. A sociedade babilônica se dividiu nesses dois campos.

#Israel, através de sua unificação, transmite a luz que reforma. As nações do mundo despertam e começam sua correção, exigindo cada vez mais luz de Israel, até que todas se unam em uma só alma, como está escrito: “Minha casa será chamada casa de oração por todas as nações” (Salmos).

Toda a humanidade é um grande vaso, desejo, a alma de Adam HaRishon.
Ela não pode ser corrigida de uma só vez como um todo e, portanto, para ser corrigida, o vaso se divide em Israel e nas nações do mundo. Se a parte da alma que é # Israel está atrasada com sua correção, as “nações do mundo” o pressionam.

Toda pessoa que recebeu um despertar para a espiritualidade em nossos dias pertence à parte da alma comum chamada “Israel” (Yashar-Kel), “direto ao Criador”. Ela deve se apressar com sua correção, pois seu trabalho principal é ajudar o resto dos desejos, as nações do mundo.

Do Twitter, 16/01/20

Meus Pensamentos No Twitter 15/01/20

Dr Michael Laitman Twitter

As nações afirmam: os #Judeus controlam o mundo, todo o mal vem deles. Elas sentem que estão nas mãos dos judeus, que são capazes de mudar o mundo. Os judeus precisam ser corrigidos primeiro. Com a ajuda da Cabalá, transformaremos o ódio em amor e o transmitiremos ao mundo. Assim, mudaremos nosso destino e o destino do mundo.

A nação judaica deve sentir que, ao se unir entre si, administra o enorme sistema do mundo pelo bom caminho. Mas se não se unir entre si, o sistema se volta para uma unificação severa por meio do sofrimento.
Do Twitter , 15/1/20

Meus Pensamentos No Twitter 14/01/20

Dr Michael Laitman Twitter

As nações afirmam: os #Judeus controlam o mundo – todo o mal vem deles. Elas sentem que estão nas mãos dos judeus, que são capazes de mudar o mundo. Os judeus precisam ser corrigidos primeiro. Com a ajuda da Cabalá, transformaremos o ódio em amor e o transmitiremos ao mundo. Assim, mudaremos nosso destino e o destino do mundo.

A nação judaica deve sentir que, ao se unir entre si, maneja o enorme sistema do mundo pelo bom caminho. Mas se não se unir entre si, o sistema se volta para uma unificação severa por meio do sofrimento.

Somos incapazes de viver em harmonia um com o outro. Nossa natureza egoísta não permite isso. Mas podemos exercer bons relacionamentos e, com isso, despertar a influência da luz superior sobre nós. Vamos então começar a nos aproximar! E o Criador será revelado em nossa convergência.

Eu olho o mundo através de um vidro não transparente. Eu não vejo nada. Mas se eu me opor ao egoísmo, pensando na unidade, no bem do grupo, no objetivo da criação – atraio a luz refletida (Hassadim). Ela transforma o vidro fosco em transparente e eu vejo o Criador na qualidade de doação e amor.

O Criador é revelado entre 10 desejos de dez amigos. Se os desejos aspiram à unidade e ao Criador, o Criador é revelado conforme a nossa unidade e influência sobre Ele com a qualidade de doação.

Há uma força especial na dezena – não a sentimos e, portanto, isso provoca falta de entendimento. O Criador deve ser revelado na conexão entre nós, através da conexão de 10 desejos. Para isso, devemos vincular nossos desejos em um desejo de revelar o Criador pela autoanulação mútua.

Nós estamos no exílio no desejo egoísta, que nos separa. Para entender o método de correção, precisamos nos organizar em dezenas, da maneira que isso aconteceu após o êxodo do Egito, quando Jetro chegou a Moisés, e eles começaram a criar dezenas da nação de #Israel.

Todas as destruições e descidas dos judeus foram apenas uma consequência deles menosprezarem a Cabalá, o método da unidade da nação. Estudar qualquer coisa além da Cabalá leva à destruição da nação e do mundo. A atitude que a nação de #Israel tem em relação à Cabalá determina a atitude do mundo em relação à nação de Israel.
#Judeus #Cabala

Do Twitter, 14/01/20

Meus Pensamentos No Twitter 13/01/20

Dr Michael Laitman Twitter

“Nos últimos seis meses … [houve] um número impressionante de ataques violentos dirigidos diretamente aos judeus …” R. Lauder, presidente do @WorldJewishCong (Congresso Judaico Mundial).

Escrevemos sobre isso em todos os nossos materiais. Para quem nos segue, o tsunami do #antissemitismo não é uma surpresa – foi predito!

A eleição presidencial dos EUA, caso Trump vença, pode se tornar o início de uma revolução de esquerda. Assim como Hitler chegou ao poder na Alemanha, a esquerda tomará o poder nos Estados Unidos “invadindo a Casa Branca”. Isso será seguido por um governo de extrema esquerda, como Obama, e seguirá o mesmo cenário natural.

Você pode ascender espiritualmente se o Criador e o #sentido da vida forem mais importantes para você do que reclamações contra outras pessoas. Caso contrário, você permanecerá em sua existência bestial.

Imagine: vocês estão vivendo na Babilônia quando o grupo de Abraão aparece e afirma que vocês devem se amar como amam a si mesmos. Você os odeia e quer expulsá-los da Babilônia. Eles entendem que devem deixar a Babilônia. O que você vai fazer então? Você está pronto para se juntar a eles?

A escolha é sua.

Toda pessoa, de acordo com a raiz de sua alma, é obrigada a se elevar acima das perturbações corporais, que não são perturbações, mas condições para o desenvolvimento da alma, e aspirar à unidade, apesar das rejeições recíprocas.

Todas as nações, toda a Babilônia, devem se elevar acima de seu #egoísmo e realizar o trabalho de correção. Esta é a condição de hoje. E nós agimos como #Abraão, que disse: “Quem está com o Criador – está comigo!” É a mesma Babilônia e os mesmos desafios, mas de uma forma moderna.

Durante o último exílio, a nação de Israel não teve consciência de sua missão espiritual. A ciência da Cabalá foi ocultada. Este foi um período preparatório: às vezes mais luz interior ou circundante, às vezes menos, e a humanidade foi atraída para um lado ou para o outro, respectivamente.

Se não conseguirmos disseminar o método da unidade, uma nova #guerra mundial acontecerá no mundo, após a qual levará séculos para a humanidade se recuperar e se reunir para implementar a correção. O fim da correção deve ser realizado neste mundo.

Este mundo não existe: a forma espiritual que agora aparece diante de nós como o mundo material deve ser tal, de modo que o processo de correção começaria e terminaria nela. Quando completarmos a correção do grau deste mundo, ele subirá para o nível espiritual.

Os judeus americanos pensam que a emancipação e a assimilação os ajudarão a se dissolver na sociedade americana e assim eliminar o #antissemitismo. Mas a história ensina que isso não leva a nada além de nosso próprio extermínio. A salvação está em elevar-se acima deste mundo.

Nós existimos neste mundo, mas nele devemos atingir nossa predestinação espiritual. O que importa é o objetivo pelo qual nos aproximamos um do outro e o objetivo pelo qual nos distanciamos um do outro. A proximidade ou a separação podem ser julgadas apenas em relação ao objetivo da criação.

Do Twitter, 13/01/20

Meus Pensamentos No Twitter, 12/01/20

Dr Michael Laitman Twitter

O vice-primeiro-ministro da Espanha, nomeado por Sanchez, apresentou um programa de TV financiado pelo Irã, chamando Israel de estado ilegal e instando um #boicote completo de #Israel como convém a um Estado de apartheid: “Precisamos agir com mais firmeza em um país ilegal como Israel”; estas são as reivindicações icônicas do #Antissemitismo global!

Do Twitter, 12/01/20

Meus Pensamentos No Twitter 06/01/20

Dr Michael Laitman Twitter

É precisamente a disseminação do método de unidade entre as nações do mundo, o movimento geral em direção a um objetivo, a explicação da natureza e as causas do #antissemitismo como força egoísta que se move em direção ao objetivo da criação que dividirá todos aqueles que estudam a Cabalá em duas partes.

Com nossa unidade, atraímos a luz que reforma, Hassadim, que se derrama entre nós – e somos como uma nuvem de misericórdia. A luz superior de Hochma desce para nos avançar – não entra como uma faca, pois se veste em Hassadim e, por equivalência de forma, nos revela o Criador.

Ao nos unirmos, despertamos a misericórdia, a luz de Hassadim no mundo. A luz de Hochma, que vem para impulsionar Isra-El e toda a humanidade para a correção, entra na luz de Hassadim, que preparamos desde baixo. Hassadim vem de baixo, e a luz de Hochma vem de cima. Tudo depende da nossa unidade.

Baal HaSulam sabia o que aconteceria na Alemanha e tentou salvar os judeus. Eles não permitiram que ele fizesse isso e pereceram. Eles não podiam mudar nada: um certo período de tempo é atribuído à liberdade de escolha, para tomar uma decisão. Uma vez tomada a decisão, a autoridade é transferida para a força da correção por meio do sofrimento.

Israel somos nós, aqueles que aspiram ao Criador.
A Torá é a luz superior que direciona a nós e toda a humanidade ao nosso redor.
O Criador é a força que é revelada no centro do grupo, no centro de nossos esforços.
O resultado da correção é a unidade de todas as criaturas e a revelação do Criador nelas.

Enquanto na linha do meio, giramos o timão do navio corretamente, que deve sempre estar voltado para o ponto central: a unidade de Eu – Nós (a dezena, todo BB) – Humanidade, como um todo. Então, a única força no mundo, o Criador, será revelada em nós.

Dirigir a roda é lutar pela linha do meio, para que “todos os crimes” do lado esquerdo sejam “cobertos pelo amor”, do lado direito. A linha do meio surgirá no meio. Nós não destruímos a linha esquerda – aqueles que discordam. Observamos como as críticas despertam aqueles que concordam, ajudando-os a fazer a escolha certa.

O navio da humanidade se inclinará, primeiro para a esquerda e depois para a direita. E se, com a ajuda de nossos esforços, conseguirmos girar o timão, este enorme navio seguirá na direção certa. É disso que trata nosso trabalho – sentir-se responsável e liderar o processo de correção.

Na realidade, ninguém pode ser corrigido e alcançar o objetivo por si próprio. Mas, se agirmos juntos, como Rabash e Baal HaSulam aconselham, um caminho se abre diante de nós. Avançando, somos jogados para a linha esquerda e depois para a linha direita. No entanto, devemos fazer nosso progresso na linha do meio.

Ninguém tem patrocínio de cima, mas há um privilégio – a oportunidade de se envolver no processo de correção, de discernir todos os prós e contras desse processo e de avançar conscientemente, mediante consentimento. E o consentimento sempre vem do desacordo, como a luz é revelada a partir da escuridão.

Dentro de nossa unidade, revelaremos claramente a força superior, o Criador. Existem apenas duas forças no mundo, que devem ser equilibradas. Esse equilíbrio é o que criamos no grupo por nossa unidade. O método da Cabalá é muito prático e específico, e podemos implementá-lo.

Existem duas forças na natureza: a positiva e a negativa. A força positiva da unidade é ocultada, enquanto a força negativa do egoísmo é revelada. Se nós, no grupo, aspiramos a nos unir acima da rejeição do egoísmo, a força positiva desperta e nos ajuda, é assim que avançamos em direção à unidade.

Existe um método simples para alcançar a unidade: nós despertamos a força da unidade conectando-nos acima de nosso egoísmo, apesar disso. Conforme essa conexão, revelamos a força da unidade entre nós, chamada “o Criador”, a revelação da força superior.

Devemos estudar como alcançar a correção e despertar o mundo inteiro para ela. O mundo inteiro se divide em duas partes: aqueles que trabalham para ídolos e aqueles que trabalham pela unidade. A força superior é a unidade, a unificação. Trazer toda a natureza para completar a unidade é a lei superior da natureza.

Se não convencermos os #Judeus do mundo e de Israel a começar a se unir, haverá sanções severas e sem precedentes de todas as nações dirigidas a Israel, incluindo os EUA. Em Israel, sentiremos que estamos sitiados. E se não nos unirmos, seremos expulsos desta terra.

Os judeus americanos estão admitindo que o problema do antissemitismo está aumentando de forma ameaçadora. Os tribunais, prisões e policiais da América estão de guarda. Mas no caso do antissemitismo, as ações e tentativas do governo de extinguir o antissemitismo não terão efeito. Porque aqui estamos lidando com uma lei da natureza.

#Antissemitismo é a sensação nas nações do mundo da necessidade de receber a luz através da unidade dos judeus. Os antissemitas mais veementes são precisamente os que se juntarão aos judeus, assim que os judeus se unirem – e o propósito da criação será então revelado. Já vimos mudanças tão drásticas na história.

As forças superiores estão organizadas de modo que somente a nação de Israel, o grupo reunido por Abraão de todas as nações, esteja se reunindo novamente – todos os caminhos estão se abrindo diante dela. Não há obstáculos, as forças da natureza estão prontas para ajudá-la a elevá-la aos níveis espirituais. E depois disso, toda a humanidade se unirá alegremente também.

A lei que impulsiona a humanidade para a unidade opera de maneira dura e cruel. Antes de tudo, pressiona aqueles que devem ser os primeiros a liderar a humanidade, a única nação que é obrigada a fazer esse trabalho, a se tornar os pioneiros nesse caminho e liderar o mundo inteiro junto com eles.

Desde os tempos do ARI (século XVI), os Cabalistas dizem que entramos na era da correção final do egoísmo. As nações do mundo estão pressionando a nação de Israel – essa pressão tem o objetivo de nos obrigar a nos unir por meio do sofrimento, se não desejarmos avançar em direção à correção por conta própria, correndo à frente da pressão delas.

Do Twitter, 06/01/20

Meus Pensamentos No Twitter 04/01/20

Dr Michael Laitman Twitter

O desenvolvimento do #antissemitismo: frações e partidos surgirão no mundo e se infiltrarão na política. As nações formarão alianças baseadas no ódio aos judeus, exigindo que a #UNESCO, a ONU e outras organizações internacionais cortem #Israel de acordos internacionais e negociem com sanções.

Por que, para as nações do mundo, a assimilação geralmente leva a boas consequências, enquanto para a nação de Israel, a assimilação sempre tem consequências negativas? É porque #Israel está sendo corrigido, voltando às raízes, enquanto as nações avançam em direção ao objetivo da criação!

E se fosse seu filho? E se fosse seu pai? Seu avô? Irmão? Amigo? O #antissemitismo está crescendo nos EUA e no mundo. Não sentimos o que eles estão passando, mas nossa conexão pode protegê-los. Pense na conexão e neles. Porque somos todos um.

É correto entender que as nações do mundo estão dispostas a aceitar a nação de Israel somente quando ela preservar sua fundação? Somente se a nação de Israel for a cabeça da alma, o exemplo, levando as nações ao objetivo da criação, as nações a aceitarão e a ajudarão de todas as maneiras a alcançar a correção geral do corpo da alma.

Do Twitter, 04/01/20