Textos com a Tag 'Mulheres'

Líderes Mulheres

Dr. Michael LaitmanDa Minha Página No Facebook Michael Laitman 28/08/18

As chances são de que seu próximo CEO seja uma mulher e seu próximo congressista seja uma congressista.

Depois de milhares de anos de opressão, as mulheres em todo o mundo estão ocupando posições-chave em todas as esferas da sociedade. Qual é a raiz da ascensão meteórica das mulheres em nosso tempo e para onde isso leva a sociedade humana?

O desejo humano em constante evolução impulsiona o desenvolvimento de homens e mulheres. Nos últimos 60 anos, assistimos a uma mudança notável no desejo das mulheres. As mulheres desejam estar cada vez menos envolvidas na gestão familiar e no cuidado infantil, e estão expandindo cada vez mais seu envolvimento em outras áreas da sociedade.

Ao mesmo tempo, o mundo está pressionando para uma maior igualdade, e as mulheres assumem papéis e responsabilidades anteriormente preenchidos apenas por homens. A tecnologia também desempenha um papel significativo em ajudar a liberar o tempo das mulheres. Assim como as fraldas e as fórmulas infantis foram uma tremenda ajuda para as mães, as soluções emergentes de robótica e inteligência artificial reduzirão o fardo da gestão doméstica a um nível que nunca vimos.

Mas não é de admirar que as mulheres se integrem perfeitamente no mundo hiperconectado. À medida que o mundo se torna mais interdependente, exige a intervenção das mulheres, como se pedisse a elas que colocassem em prática suas qualidades únicas.

O caráter de uma mulher é muito mais responsável, estável e consistente. Ela é capaz de absorver muitas mudanças e lidar com desafios de longo prazo – uma qualidade que vem de sua capacidade natural de carregar um embrião e desenvolver a vida dentro dela. Um homem, por outro lado, é melhor em movimentos de curto prazo.

Uma mulher é capaz de manter um grande número de tarefas, bem como realizá-las com sucesso. Um homem, por outro lado, é mais bem sucedido em processos lineares destinados a um objetivo limitado. É por isso que a maioria das descobertas científicas, por exemplo, se manifesta através do cérebro masculino.

Homens e mulheres também são diferentes em sua atitude para com o fracasso na vida. Figurativamente falando, um homem pode ser tão forte quanto o ferro – e ainda assim um golpe pode quebrá-lo. A mulher é mais fácil de dobrar – mas como um galho de árvore flexível, ela é muito mais difícil de quebrar. A conclusão mútua das qualidades do outro é a chave para construir uma sociedade saudável na nova era.

A integração das mulheres na liderança da sociedade e outros sistemas da vida humana está se tornando necessária. As qualidades maternas estão se expandindo do lar pessoal para o lar global. A natureza feminina e o impulso para criar um ambiente favorável e envolvente serão expressos na sociedade na criação de condições saudáveis ​​e adequadas para o vínculo entre as pessoas. Sem esse ambiente que somente as mulheres podem projetar e administrar, os homens continuarão brigando como crianças.

A Realização Espiritual Das Mulheres

Laitman_120Pergunta: Os homens passam pela reencarnação das almas. Mas e as mulheres? Uma mulher tem uma alma eterna ou simplesmente ela se extingue e é isso?

Resposta: Não há diferença entre homens e mulheres. Além disso, se uma mulher é capaz de superar seu egoísmo e começar a se conectar com outras mulheres em apoio mútuo, elas podem superar os homens em sua realização espiritual.

Eu diria que o Criador ama as mulheres mais do que os homens.

Da Lição de Cabalá em Russo, 14/01/18

Entendendo A Natureza Das Mulheres

627.2Pergunta: Por que as mulheres tentam provar sua independência dos homens? Para que elas precisam disso?

Resposta: As mulheres sentem sua dependência dos homens; portanto, precisam provar que são independentes. Os homens devem levar isso em consideração, entender a natureza feminina e ceder a ela.

É muito importante que as mulheres sintam apoio, um ombro para se apoiar. As mulheres precisam de um lar, uma família e filhos, necessidades muito maiores do que os homens.

Portanto, é importante ser atencioso com esses desejos dados a elas pela natureza, que elas devem cumprir. Caso contrário, elas se sentirão constantemente pressionadas, insatisfeitas, não realizadas, inseguras. Os homens devem fornecer isso às mulheres.

Da Lição de Cabalá em Russo 31/12/17

Convenção Das Mulheres – Momentos De Unidade 14/01/18

Milhares de mulheres em todo Israel que estudam a sabedoria da Cabalá e apoiam a sua divulgação em todo o mundo reuniram-se neste domingo no centro Kabbalah L’Am do Bnei Baruch para um congresso de mulheres. Centenas de mulheres de todo o mundo (de Tóquio e Berlim a Nova York e Almaty) se uniram e se juntaram à transmissão online.

Mulher-Maravilha, Parte 5

laitman_553Pergunta: Se as pessoas se tornarem super-heróis que dão em vez de tomar, de onde elas vão extrair prazer? O sucesso é sempre determinado em relação aos outros: você ganhou $100 e eu ganhei $150 isso significa que eu sou mais bem-sucedido. Se esta relação já não existir, qual será a fonte de prazer?

Resposta: O prazer virá do fato de que você dá ao mundo inteiro e o sente como sua própria alma. O mundo inteiro é você; você se expressa através de todos. Você abrange o mundo inteiro e sente a força superior, o mundo superior, por meio dos outros. Se eu me relaciono com os outros com amor, dentro deles eu revelo meu mundo superior.

Eu troco meus desejos egoístas por desejos altruístas, morte pela vida, e começo a sentir que a vida é eterna, sem limites, cheia de prazer. Eu vejo o mundo inteiro de ponta a ponta, elevando-me acima da existência material e identificando-me com a força superior, com o Criador.

Pergunta: Será que esse super-herói vive em um super mundo que ninguém mais experimenta além dele?

Resposta: É um mundo que só pode ser sentido dentro do desejo de doar. Agora nós experimentamos a realidade somente do ponto de vista da recepção constante. Mas se mudarmos nossa perspectiva de egoísta para altruísta, sem qualquer consideração por nós mesmos e apenas com a intenção de dar aos outros, então, a partir dessa perspectiva, vamos começar a experimentar um novo mundo, um mundo superior.

Agora mesmo, em nosso desejo de nos satisfazer e receber apenas para nosso próprio benefício, nós sentimos apenas o mundo inferior. Mas assim que mudamos o nosso desejo de beneficiarmos a nós mesmos, para o desejo de beneficiar e satisfazer os outros, nesta intenção começamos a sentir um mundo oposto, a realidade superior e ilimitada, porque na recepção somos limitados, mas na doação não!

O mundo superior é eterno porque nossas experiências e habilidades dentro dele não têm limites. É por isso que experimentamos a nós mesmo como vivendo uma vida eterna, ilimitada. Tudo depende apenas da nossa capacidade de dar, que começa a se abrir cada vez mais dentro de nós.

Este é o tipo de correção que precisamos fazer em nossas vidas, separando-nos dessa realidade egoísta. Israel deve fazer isso primeiro, porque na Torá está escrito que somos obrigados a vir a amar os outros. E dentro deste amor, nós vamos revelar o mundo superior.

Nós existíamos nesse estado no passado e caímos dele. É por isso que possuímos forças ocultas que nos permitem retornar. O mundo espera apenas isso de nós, na esperança de receber o método de correção de nós. É por isso que, como a vida neste mundo se torna mais difícil e as crises crescem, todos vão culpar cada vez mais Israel.

O filme sobre a israelense salvando o mundo desperta a esperança no mundo de que a nação de Israel irá cumprir sua missão e realizar a correção. Mas é isso que estamos fazendo? Somos obrigados a começar a progredir em direção ao amor ao próximo, sobre o qual está escrito, “todos os israelitas são amigos.”

Somos os únicos capazes de corrigir o mal no mundo porque possuímos a metodologia chamada ciência da Cabalá. O filme está retratando um personagem particular, um super-herói; no entanto, toda a nação de Israel é chamada de “escolhida” pela virtude da missão colocada sobre ela. Nós ainda não somos super-heróis, mas somos obrigados a nos tornar e cuidar de todo o mundo, resgatando-o do egoísmo em que está se afogando.

O programa de correção é efetivado em duas etapas. Primeiro, a nação de Israel deve se corrigir. Depois, com a força acumulada através dessa correção, seremos capazes de corrigir o mundo inteiro.

Israel deve se tornar uma nação de super-pessoas, ligadas umas às outras pelo amor e a garantia mútua. Essa correção irá impactar o mundo inteiro e todas as nações se juntarão a Israel como um homem com um só coração. Como está escrito, “Minha casa será chamada de casa de oração para todas as nações”.

Pergunta: Você realmente acha isso realista?

Resposta: É inevitável! Ou nós chegamos a isso como resultado de uma tremenda pressão e um Holocausto ainda maior do que o que teve lugar durante a Segunda Guerra Mundial ou realizamos a correção de boa vontade e conscientemente. Essa é a nossa obrigação.

De Kab TV “Nova Vida, # 865”, 08/06/17

Mulher-Maravilha, Parte 4

laitman_629_3Pergunta: Geralmente, os filmes feitos por mulheres diretoras não são tão populares quanto os dirigidos por homens. No entanto, o filme Mulher-Maravilha, com uma diretora e uma mulher como personagem principal, recebeu grande aclamação.

Isso reflete um espírito particular do nosso tempo, que se espera que uma mulher seja o herói e salvador?

Resposta: Houve muitas mulheres ao longo da história que desempenharam papéis principais. O primeiro exemplo: Adão e Eva, por causa de quem toda a história da humanidade começou a se desenrolar. Depois, a esposa de Abraão, Sara, e as profetisas descritas na Torá: Raquel, Léia, Yael, Miriam, Debora, Hulda e até mesmo a filha do Faraó, Batia. Nós vemos que as mulheres na Torá atuam de maneira não menos enfática que os homens.

Pergunta: Quais são as qualidades de uma “supermulher”?

Resposta: Uma supermulher é aquela que dirige seus filhos e seu marido para a correção do mundo, para a boa conexão. É por isso que disseram a Abraão: “Ouça o que Sara lhe diz”.

Essa mulher tem o poder de doação e amor por um amigo. Ela entende que essa é a única maneira do mundo poder existir. Ela tem uma capacidade ainda maior de se superar do que o homem, porque tem o poder de dar à luz.

Um homem frequentemente continua sendo uma criança que só quer brincar. Uma mulher tem por natureza uma tomada muito mais séria sobre a vida porque está conectada com os princípios da natureza, com o sistema que produz a vida. É por isso que as mulheres que vêm estudar Cabalá apresentam uma atitude muito séria e um desejo de correção.

Uma supermulher é aquela que possui a força interna para superar a natureza interna de uma pessoa (dirigida a usar os outros para se beneficiar), e começa a tratá-los como se fossem seus filhos, como membros de sua família. Ela está pronta para dar e ajudar em tudo, como na família, em vez de receber egoisticamente.

O heroísmo está em sair das fronteiras de sua família, pela qual ela sente um amor natural, e se relacionar com o mundo inteiro como se todos fossem seus filhos.

Pergunta: Digamos que uma mulher começa a se relacionar desse jeito com o mundo. Como ela pode influenciar os outros e avançar para a correção?

Resposta: Uma mulher tem uma grande influência no mundo. Assim que ela começa a se comportar como uma heroína, suas habilidades se tornam infinitas. Ela pode fazer com que todos à sua volta recorram ao amor e doação.

De KabTV “Nova Vida” 08/06/17

Mulher-Maravilha, Parte 3

Laitman_632_4Pergunta: O filme Mulher-Maravilha, em que uma atriz israelense salva a humanidade, desperta pensamentos sobre a correção do mundo, sobre os judeus que precisam ser a Luz para todas as nações. As pessoas entendem que essa correção é necessária, mas como a realizamos?

Resposta: Em primeiro lugar, a nação de Israel deve realizar a sua própria correção. Nós estamos conectados a toda a humanidade e é por isso que, ao nos corrigirmos, passamos esse despertar, essa aspiração de correção, a todos os outros. Os Cabalistas são obrigados a ensinar à nação de Israel a metodologia desta nova unificação, este método de correção, a conquista do amor ao próximo. Não precisamos prestar atenção àqueles que falam contra a Cabalá, porque com isso eles estão impedindo as pessoas de se unir, estão simplesmente cometendo um crime. Mais tarde, esse exemplo de unidade deve ser demonstrado ao mundo inteiro.

Se a nação de Israel, sendo formada pelos maiores egoístas, é capaz de se corrigir e demonstrar aos outros como passar do ódio ao amor, da separação à unidade, então ela servirá de exemplo e dará força ao mundo inteiro. O mundo inteiro seguirá os judeus rumo à unidade.

Além disso, as nações do mundo ajudarão os judeus nessa correção, como foi escrito pelo profeta Isaías: “As nações do mundo levantarão a nação de Israel sobre seus ombros e a entregará ao templo em Jerusalém”.

Pergunta: A heroína do filme salva o mundo de várias pessoas más e forças externas. Você está falando da necessidade de nos salvar de nosso próprio egoísmo?

Resposta: O egoísmo é o único mal. Não temos outros inimigos. Toda a natureza do homem é má desde o nascimento. Não há nada na criação senão o princípio do mal. E é exatamente isso que precisamos corrigir. Se Israel se corrigir, o mundo inteiro será corrigido.

O egoísmo é meu desejo de construir meu sucesso no fracasso dos outros. Esse é um desejo completamente natural para cada pessoa porque é inerente à nossa natureza. Mas devemos nos elevar acima dessa natureza até a doação ao próximo, nos preocupar com seu bem-estar em vez do nosso. Uma pessoa que está pronta para fazer essa correção dentro de si é chamada de super-herói.

Ela supera seu egoísmo, sua natureza inerente, e é por isso que é chamada de super-humano. Ao fazer isso, ela corrige o mundo inteiro, um mundo tão malfeito como resultado do egoísmo humano porque projetamos nossas relações negativas em toda a natureza.

De KabTV “Nova Vida # 865”, 08/06/17

Mulher-Maravilha, Parte 2

laitman_570O filme Mulher-Maravilha, em que o super-herói principal que salva a humanidade é estrelado por uma atriz israelense, causou uma enorme onda de emoção e orgulho em Israel.

Mas eu estou triste em ver que o nosso povo, como criancinhas, ainda está esperando por um mago bondoso que venha organizar nossa vida, em vez de organizá-la por nós mesmos.

É possível com a indiferença, a preguiça e o confronto destruindo a sociedade israelense, ainda estarmos à espera de um mago? Nós mesmos devemos mudar. Alguém de fora pode mudar a nossa natureza má?

Pergunta: O filme nos incentiva a amar, mas alguém sabe como fazer isso?

Resposta: Existe um método que ensina exatamente como ir do ódio ao amor. Ele é chamado de “sabedoria da Cabalá”. É por isso que a Cabalá é revelada hoje em dia. Os Cabalistas de todas as gerações falaram sobre o nosso tempo, e nós precisamos abordar essa técnica e começar a estudá-la para que todos se elevem ao nível de “super-humano”.

Pergunta: Por que não é tão fácil amar?

Resposta: Não é fácil porque a nossa natureza é o egoísmo puro que nos faz maltratar os outros. O egoísmo não se relaciona com o fato de que eu quero comer, beber e dormir mais, deitar ao sol na praia e nadar no mar.

O egoísmo humano é o desejo de melhorar o próprio estado à custa dos outros – nossa atitude má em relação à natureza inanimada, vegetal e animal e, o mais importante, às pessoas.

O egoísmo é quando eu não gosto das minhas realizações, mas do fato de que menosprezo os outros; isto é, não me importo apenas com o meu bem, mas desejo o mal aos outros. Mesmo que não queira prejudicá-los diretamente, eu ainda meço meu sucesso apenas em relação aos outros.

Quando olho para o povo de Israel, eu vejo um povo que teve a oportunidade de construir um novo Estado e uma nova sociedade, mas que ainda continua a ser uma “assembleia de refugiados”. O país está dividido em muitas facções e comunidades que se odeiam e se opõem.

Se essa situação persistir, o tempo que nos foi concedido acabará e teremos que deixar essa terra. Na verdade, se aqueles que vivem aqui tivessem a oportunidade de deixar Israel, muitos o fariam.

É possível que o filme sobre uma mulher-maravilha israelense desperte uma esperança escondida em relação a Israel nas nações do mundo. Elas entendem que os judeus são pessoas especiais. Os maiores antissemitas do mundo, como Hitler ou Henry Ford, escreveram muito sobre a missão do povo de Israel e acusaram os judeus de não cumprirem o papel que lhes foi atribuído.

Portanto, o mundo faz sérias acusações a Israel, embora não entenda sua verdadeira causa. Mas a sabedoria da Cabalá explica isso com toda sinceridade: Israel é obrigado a ser uma Luz para as nações do mundo, isto é, mostrar a todos como se unir e amar ao próximo como a si mesmo. Tal amor o povo de Israel deve alcançar dentro de si e, assim, dar o exemplo para o mundo inteiro, tornar-se uma Luz para as nações do mundo.

Mas não cumprimos essa missão e, portanto, as nações do mundo se levantam contra nós, desejando nos destruir. Isto é o que está escrito na “Introdução ao Livro do Zohar“. Vale a pena ler sobre o que está escrito lá e entender que não temos outra saída, nem o povo de Israel, nem o mundo inteiro: a única solução é que Israel realize sua missão.

O povo de Israel deve ser o super-herói que salva a humanidade – o Messias – Mashiach, isto é, o poder que irá tirar (Moshech) todas as pessoas da natureza egoísta má para a natureza boa e altruísta, do ódio ao amor.

De KabTV “Nova Vida” 08/06/17

Mulher-Maravilha, Parte 1

laitman_547_05Pergunta: Os filmes do super-homem sempre foram um grande sucesso. Agora, Israel tem uma razão para se orgulhar – o filme Mulher-Mararvilha, do qual o mundo inteiro está falando: uma atriz israelense desempenha o papel principal. Todo o seu papel no filme é dedicado a salvar a humanidade.

Os espectadores israelenses comentam: “O coração se enche de orgulho toda vez que vemos uma mulher israelense fazer um ato heroico e salvar pessoas”.

O colunista do The Jerusalem Post, Herb Keinon, escreveu sobre “A maravilha dos israelenses assistindo Mulher Maravilha”. …

“O peito coletivo dos que estavam na plateia pareceu encher-se de orgulho na medida em que todos nós assistíamos uma mulher israelense – que na vida real é muito orgulhosa e aberta sobre sua israelidade…

“Sem tons de cinza neste enredo, era preto e branco…”. Era o bem contra o mal. E Gadot – e por meio dela, todos os israelenses no teatro – eram claramente, inconfundivelmente, do lado do bem”.

Isso simboliza como o pequeno, em relação ao grande mundo, povo de Israel deve trazer luz a toda a humanidade. Existe um significado mais profundo no fato de que agora é a mulher israelense que salva o mundo, pelo menos no filme?

Resposta: O problema é que isso é apenas no filme. Afinal, nós, o povo de Israel, realmente devemos ser a Luz para as nações do mundo e salvar a humanidade do buraco profundo em que estamos agora, do nosso egoísmo que está nos matando. Infelizmente, estamos dando um exemplo ruim para toda a humanidade de como usar nosso egoísmo com habilidade para ter mais sucesso, vencer e superar a todos.

Não é por acaso que a humanidade nos odeia, porque em vez de sermos a Luz para as nações do mundo, nos tornamos a escuridão para elas. Portanto, quando nos alegramos com o lançamento de um filme desse tipo, devemos entender que realmente devemos ser esses super-heróis que mostrarão a todos como alcançar uma boa vida.

Uma boa vida virá quando subirmos do nosso desejo egoísta, que nos mantém em escravidão desde o nascimento, até o desejo de doar, amar em vez de odiar, unidade em vez de separação. Devemos mostrar ao mundo inteiro um exemplo de como fazer isso. E o mundo inteiro aprenderá conosco, aceitará esse método e corrigirá as relações entre pessoas, países e nações.

Nenhum truque pode corrigir o mundo, o mundo inteiro deve mudar, e as pessoas devem mudar. Como é possível salvar um homem se ele não mudar? Então, onde está a salvação, ao receber um palácio em vez de uma pequena casa?

A correção só é possível através da mudança interna de uma pessoa, de sua relação com os outros. É quando vamos transformar o inferno em céu, onde haverá amor em vez de ódio, e doação em vez de recepção. Desta forma, vamos realmente chegar a um mundo amável. A sabedoria da Cabalá nos obriga a cumprir essa missão.

Mas é inútil esperar que algum super-herói nos salve; isso não acontecerá, incluindo o Messias. Afinal, o Messias (Mashiach) é uma força que nos puxa (Moshech) do nosso egoísmo para a doação, o amor e a conexão. Graças a isso, revelamos nossos novos órgãos sensoriais e começamos a ver o mundo mais amplo.

O povo de Israel deve liderar a humanidade exatamente para isso, passando o método de correção para eles. Até que possamos fazer isso, todos nos odiarão. Esses belos filmes não nos ajudarão. Eu acho que ele desperta sentimentos muito desagradáveis ​​nas outras nações.

Por um lado, elas inconscientemente esperam que possam trazer a salvação à humanidade e não estamos fazendo isso. Além disso, nós mostramos filmes sobre super-heróis, como se estivéssemos zombando ao demonstrar que Israel pode trazer a correção ao mundo, mas por algum motivo não está fazendo isso. Portanto, eu não acho que esse filme terá um impacto positivo.

De KabTV “Nova Vida” 08/06/17

Homens E Mulheres: Estar Contente Com Sua Porção

Laitman_049_01Comentário: Eu não gostaria de ser um homem em nenhuma das minhas outras vidas. Este seria o maior castigo para mim! Vemos que tudo é baseado nas mulheres, e um homem é uma eterna criança.

Uma mulher é basicamente mais inteligente; ela é mãe e líder. Ela é responsável, séria, pacífica e trabalha duro, e tem muitas qualidades que simplesmente não são desenvolvidas o suficiente ou estão faltando em um homem.

Minha Resposta: Eu acredito que o que você diz indica sua falta de compreensão porque você se sente falha em sua imagem e forma feminina. É como se você estivesse condenando o Criador por ter criado os homens assim.

Uma pessoa autossuficiente é preenchida espiritualmente, tem uma meta, e tenta se mover até ela corretamente; nisso a pessoa não tem nenhum cálculo com o outro sexo. Simplesmente avança.

Como diz o ditado: “Contente-se com sua porção”.

Da Lição de Cabalá em Russo 04/12/16